Prefeitura da Capital diz que aguarda parecer para iniciar obras na fal?sia do Cabo Branco

24
0
COMPARTILHE

A Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) aguarda o parecer da Superintendência de Meio Ambiente da Paraíba (Sudema), do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e da Caixa Econômica Federal (CEF) em relação ao do projeto de contenção, revitalização e recuperação da falésia do Cabo Branco que já foi entregue em 4 de março deste ano.

Leia mais Notícias no Portal Correio

O projeto de engenharia consiste basicamente na execução das obras de quebra-mares, proteção do sopé da falésia, drenagem pluvial e pavimentação de vias.

A alternativa escolhida foi a construção de oito quebra-mares paralelos à costa, totalizando uma extensão de aproximadamente 2.600 metros. Para a execução da primeira etapa do projeto, serão investidos cerca de R$ 12 milhões.

“A PMJP já está pronta para começar imediatamente o processo de licitação tão logo os órgãos envolvidos concluam suas análises. O projeto foi entregue desde o dia 4 de março deste ano à Sudema, Iphan e Caixa Econômica Federal e nesse momento aguardamos o parecer desses órgãos para iniciamos a execução da primeira etapa da obra”, esclareceu o secretário adjunto de Planejamento, José Rivaldo Lopes.

Além das iniciativas para amenizar o avanço e a força do mar, o projeto prevê intervenções que têm como objetivo sanar os escoamentos que partem das ruas que estão acima da falésia.

Essas vias passarão por obras de drenagem ou de redimensionamento da drenagem já existente, com porte suficiente para atender o aumento dos escoamentos superficiais, decorrente da expansão urbana.

A Sudema foi procurada pelo Portal Correio para comentar o assunto, mas não respondeu à solicitação até o fechamento desta matéria.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas