Prefeitura remove ?rvores doentes e com risco de tombamento na Lagoa, em JP

0
COMPARTILHE

A Prefeitura de João Pessoa fez neste fim de semana a retirada de sete árvores que estavam doentes e apresentavam riscos de tombamento na área no Parque Solon de Lucena. A retirada foi autorizada após laudo feito pelos técnicos da Divisão de Arborização e Reflorestamento da Secretaria de Meio Ambiente de João Pessoa, que constataram não haver possibilidade de recuperação das espécies.

Leia também: Ventanias derrubam 10 árvores em 24 horas na Capital; Semam orienta sobre segurança 

Das árvores retiradas, duas eram da espécie palmeiras dendezeiros, uma pitombeira, uma castanhola, um cajueiro e duas leucenas. As duas palmeiras e a pitombeira apresentavam risco de tombamento por estarem com os troncos ocos. Além disso, os troncos dessas árvores tinham pregos encravados, que abriram fissuras, facilitando a infestação por fungos. Já a castanhola, o cajueiro e as duas leucenas apresentavam riscos à rede coletora de esgoto e instabilidade que poderia culminar com desabamento.

Leia mais Notícias no Portal Correio 

Segundo a Semam,  todas as árvores que estão em áreas urbanas, como canteiros de praças e avenidas, que são de responsabilidade da Prefeitura Municipal de João Pessoa, passam por podas periódicas e exames de ultrassom, onde são verificadas as condições fitossanitárias da espécie. Em caso de infestação, elas são tratadas de forma adequada e, no último caso, feita a retirada da espécie.

Revitalização do Parque 

Com o projeto de revitalização do Parque Solon de Lucena, será feito o replantio de espécies nativas como Pau Brasil, Sibipiruna, Sucupira, Ipês e Oitizeiros – árvores que, por serem nativas, se adaptam melhor ao clima, crescem mais rápido e apresentam maior resistência às pragas.

Assista à matéria exibida na TV Correio HD.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas