Presa fam?lia do Rio de Janeiro suspeita de falsifica??o e estelionato em v?rios estados

5
0
COMPARTILHE

Uma operação da Polícia Civil de Guarabira, no Brejo da Paraíba, a 98 km de João Pessoa, prendeu três membros de uma mesma família (sogra, filha e genro), suspeitos de falsificações e estelionato, no fim da tarde desta sexta-feira (28). Os detidos, naturais do estado do Rio de Janeiro, teriam atuação interestadual e seriam responsáveis por roubar e falsificar documentos de terceiros com o intuito retirar cartões de créditos, causando prejuízos às vítimas e aos comerciantes.

Leia mais Notícias no Portal Correio

Segundo o delegado Wallber Virgolino, responsável pelas investigações, os suspeitos vinham sendo monitorados e foram interceptados por agentes no Centro de Guarabira, sendo presos em flagrante ao realizarem compras no comércio local com documentos e cartões falsos.

“Eles estavam estabelecidos em Itapororoca e tinham atuação em toda a região do Brejo. Eles vinham aplicando golpes no país inteiro. A Paraíba foi apenas mais um lugar onde agiram”, disse o delegado.

Com o trio foram encontradas e apreendidas cópias de documentos em nome de outras pessoas e com a foto dos membros do bando, além de cartões falsificados e certa quantia em dinheiro. De acordo com Wallber, os envolvidos confessaram os crimes. Dentre eles, a sogra admitiu o esquema de falsificação de documentos, contratação de empréstimos e compras em diversas lojas, incluindo shoppings.

Uma lista com nomes de 23 estabelecimentos comerciais também foi encontrada com os presos. Os locais seriam prováveis alvos da quadrilha. As localidades afetadas pelos golpistas, as possíveis vítimas e os valores envolvidos ainda seriam apurados com precisão e continuariam sendo investigados pela Polícia Civil, que informou que ainda não concluiu a operação.

Para aguardar o andamento do processo judicial, mãe e filha seriam direcionadas para o presídio feminino Maria Júlia Maranhão, em João Pessoa, enquanto o genro seria conduzido ao Presídio Regional de Guarabira.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas