Presidente de sindicato é preso suspeito de cobrar R$ 8 mil por ajudar com aposentadoria

73
0
COMPARTILHE

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores na Agricultura Familiar da Região de Solânea, Bananeiras e Cacimba de Dentro (Sintraf), Marcelo Barbosa, foi preso, nessa terça-feira (16), suspeito de estelionato ao cobrar R$ 8 mil como serviço de assessoria para ajudar um agricultor a se aposentar.


Leia mais Notícias no Portal Correio

Ao Portal Correio, o delegado Pablo Everton, da Delegacia de Polícia Civil em Solânea, afirmou que o suspeito agiu em dezembro de 2016 ao solicitar toda a documentação do agricultor para tentar aposentá-lo junto ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

“Marcelo pegou os documentos do agricultor e foi com ele no INSS. Lá, ele afirmou ao agricultor que a aposentadoria só seria concedida por via judicial, mas que quando o benefício saísse seria necessário o agricultor tomar R$ 8 mil de empréstimo para ‘pagar’ as custas do processo”, contou o delegado.

Ainda segundo o delegado, ao sair o primeiro benefício de aposentadoria o suspeito foi até a casa do agricultor e o coagiu a fazer o empréstimo consignado, dividido em 72 parcelas. Foi após o empréstimo que a filha do agricultor desconfiou do crime.

“Após o empréstimo a filha do agricultor nos procurou alegando que o Marcelo havia enganado o seu pai. Chamamos o suspeito para depoimento e ele afirmou que o valor do empréstimo havia sido pago como ‘assessoria’ por ele ter conseguido o benefício. Porém, descobrimos que o benefício foi concedido sem necessidade de processo judicial, ou seja, ele enganou o agricultor e ainda cobrou uma quantia muito alta para apenas auxiliar no processo de aposentadoria”, contou o delegado.

O delegado também afirmou que determinou que o presidente da Sintraf devolvesse o dinheiro, o que não foi obedecido. Com isso, a polícia solicitou a prisão preventiva do suspeito.

“Tivemos receio de que ele praticasse o crime contra outros aposentados e fizemos representação pela prisão. Conseguimos localizar o Marcelo e o prendemos nesta terça. Ele ainda solicitou tempo para que pudesse devolver o dinheiro, mas não aceitamos. Agora, iremos averiguar e tentar identificar se o crime foi cometido contra outras vítimas”, concluiu o delegado.

O presidente da Sintraf foi autuado por estelionato e encaminhado para a Cadeia Pública de Solânea, onde segue a disposição da Justiça.

O Portal Correio não conseguiu contato com a defesa do suspeito, nem com o Sintraf para comentar o caso.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas