Presidente do TCE-PB participa de evento do TCU sobre desenvolvimento do NE

30
COMPARTILHE

Ministros do Tribunal de Contas da União (TCU), presidentes de Tribunais de Contas e os governadores dos nove estados do Nordeste se reuniram nessa terça-feira (21), na sede do Banco do Nordeste do Brasil (BNB), em Fortaleza (CE), para o evento ‘Diálogo Público’. O Presidente do Tribunal de Contas da Paraíba, conselheiro Arthur Cunha Lima, representou a Corte paraibana no encontro “Nordeste 2030 – Desafios e caminhos para o desenvolvimento sustentável”, que aconteceu até esta quarta-feira (22). O evento Diálogo Público é realizado pelo TCU e conta com o apoio do Governo do Ceará e do BNB.

Leia mais notícias de Política no Portal Correio

Entre os temas abordados estão: “antecipando o futuro a partir de uma visão de longo prazo”; “competitividade e produtividade da região Nordeste”; “reconstruindo a confiança no setor público para a implantação de políticas públicas prioritárias em prol do desenvolvimento sustentável”; “financiamento do desenvolvimento regional, sustentabilidade fiscal e visão integrada dos entes federativos”; e os desafios e possíveis soluções para desenvolvimento sustentável do Nordeste”.

Arthur Cunha Lima, considerou de extrema importância o Tribunal de Contas da União, junto com os Tribunais de Contas dos Estados e os governadores do Nordeste, debater ações sistemáticas para a implantação de políticas públicas a partir de uma visão de longo prazo, competitividade e produtividade da região. “O TCU exerce um papel fundamental ao propor um planejamento para o Nordeste buscando os caminhos em comum”.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas
páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no
Youtube. Você também
pode enviar informações à Redação
do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

 

Em respeito à Legislação Eleitoral, o Portal Correio não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrem.

Notícias mais lidas