Preso estudante que bateu em moto e deixou dois feridos na Paraíba; vídeo

0
COMPARTILHE

Foi preso um estudante 33 anos que dirigia o veículo furtado que bateu na motocicleta na qual seguiam dois jovens. O acidente aconteceu no sábado (25), na praia de Lucena, Litoral Norte da Paraíba, e o suspeito foi preso logo depois. A informação foi confirmada ao Portal Correio pelo tenente-coronel Júlio Cesar, comandante do 7º Batalhão, nesta segunda-feira (27). A batida foi registrada pelo circuito de câmeras de segurança de uma casa. O condutor do carro foi autuado e liberado. Veja Vídeo abaixo.

Leia mais Notícias no Portal Correio

“O rapaz dirigia um carro furtado e foi preso pela Polícia Militar depois do atropelamento. O pessoal da Força Tática foi acionado pelos moradores e efetuou a prisão em flagrante. O jovem é morador do bairro de Jaguaribe, em João Pessoa, e foi levado para a 6ª Delegacia Distrital em Santa Rita, na Grande João Pessoa”, comentou o coronel ao Portal Correio.

De acordo com testemunhas, o condutor do veículo foi perseguido por moradores e detido. A população tentou linchá-lo, mas foi contida com a chegada dos policiais. A versão foi confirmada pela Polícia Militar.

Os dois ocupantes da moto, de 17 e 18 anos, ficaram feridos durante o acidente, mas não correm risco de morte. Nas imagens, é possível ver quando o veículo Fiat Uno segue em alta velocidade pela principal via da cidade e bate de frente com a moto, na qual os rapazes estavam. Com o choque, os dois jovens são arremessados em um deles bate em um portão de forma violenta.

 

As vítimas foram socorridas pelo Samu para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa. De acordo com o boletim médico da unidade divulgado na manhã desta segunda-feira (27), o rapaz que bateu no portão teve fraturas expostas e o outro ocupante da moto teve ferimentos leves. Apesar da gravidade da batida, as vítimas não correm risco de morte. O adolescente de 17 anos foi transferido para um hospital participar da Capital. O jovem de 18 anos continua internado no setor de Ortopedia do Trauma.

O condutor do carro, que é filho de defensores públicos, foi autuado pela delegada Maria Rodrigues pelo furto do veículo, pagou fiança e foi liberado. A delegada disse que a família das vítimas, até as 11h, desta segunda-feira (27), não tinham comparecidos para prestar queixa do acidente. 

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas