Euller Chaves

Cagepa

Capacitação

TV Correio

preso-suspeito-de-explosoes-cofres-de-postos-de-combustiveis
Central de Polícia de CG/Foto: Reprodução/Google Street View

Preso suspeito de explosões a cofres de postos de combustíveis

Jovem preso seria integrante de quadrilha que tinha como alvos os cofres onde os empresários de postos guardavam o dinheiro que recebiam com vendas

1
COMPARTILHE

Policiais civis da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF) de Campina Grande realizaram, nessa terça feira (9), uma operação no bairro de Monte Castelo, localizado na Zona Leste da cidade, com o objetivo de cumprir um mandado de prisão temporária expedido pela Justiça contra um jovem de 22 anos suspeito de envolvimento em explosões de cofres de postos de combustíveis na região.

A polícia chegou até o suspeito durante a prisão de dois integrantes do grupo criminoso. “Em novembro do ano passado, a cidade de Campina Grande registrou várias ações criminosas em postos de combustíveis. Os suspeitos tinham como alvos os cofres onde os empresários guardavam o dinheiro que recebiam com as vendas, quantias altas que chamavam atenção dos bandidos. Realizamos uma investigação e conseguimos fazer duas prisões no dia 2 de novembro. Na época também identificamos o suspeito como integrante do grupo e por isto pedimos a prisão temporária dele”, disse o delegado Cristiano Santana.

O jovem foi surpreendido pelos policiais quando estava em casa. Nas buscas realizadas na residência dele foram encontrados aproximadamente 30 kg de uma substância semelhante a nitrato de amônio, agente químico de uso e venda controlada usado para a confecção de artefatos explosivos, entre eles, bananas de dinamite, utilizadas pelos criminosos nas ações de ataques a agências bancárias. Os policiais também acharam uma serra elétrica usada para cortar placas de aço, uma furadeira, alicate e notas de R$ 100 e R$ 10.

De acordo com a polícia, o material encontrado com o suspeito detido confirma o que mostravam os levantamentos policiais sobre o envolvimento dele com a associação criminosa que explodiu os cofres em postos de combustíveis localizados em Campina Grande e região metropolitana. O material encontrado na casa do jovem foi encaminhado para análise no Instituto de Polícia Científica da Paraíba (IPC). O detido foi ouvido e está recolhido na carceragem da Central de Polícia aguardando pela audiência de custódia.

COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas