Preso suspeito de participar de duplo homicídio na Grande João Pessoa

4
0
COMPARTILHE

Policiais civis do Núcleo de Homicídios de Cabedelo, na Grande João Pessoa, cumpriram na tarde desta quinta-feira (14) um mandado de prisão preventiva contra um suspeito de envolvimento em um duplo homicídio registrado no mês de março deste ano no bairro Jardim Maguinhos. As investigações apontam que o detido, junto com outros dois suspeitos, abordou e matou, com tiros e facadas, dois homens.

Leia mais Notícias no Portal Correio

As vítimas, segundo testemunhas, estavam consertando uma canoa na beira do mangue quando os suspeitos chegaram. Os dois homens foram cercados pelos três suspeitos que, depois de uma discussão, feriram as vítimas. Um deles morreu no local e o outro ainda foi socorrido, mas não resistiu à gravidade dos ferimentos.

As mulheres dos homens assassinados contaram que eles trabalhavam como ajudantes de manutenção de ar condicionados. Os dois eram cunhados e tinham vindo do município de Guarabira, no Brejo da Paraíba, a 98 km de João Pessoa. As famílias estavam morando no Jardim Maguinhos há uma semana e, segundo as esposas, não conheciam ninguém na área. Uma revelação, no entanto, chamou atenção da polícia: uma das vítimas tinha cumprido pena de um ano e três meses por tráfico de drogas e estava em liberdade há um mês.

Como a área é monitorada por causa do tráfico de drogas, os policiais ouviram as informações das testemunhas, que descreveram as características dos suspeitos e, a partir disso, foram cruzadas informações do banco de dados dos investigados pela 3ª Delegacia Seccional de Cabedelo. Desta forma, os policiais chegaram à identificação dos responsáveis pelo crime. A polícia pediu o mandado de prisão dos três envolvidos. Dois seguem foragidos.

“Estamos em diligência para prender os outros envolvidos. Como as vítimas não conheciam os suspeitos, tudo leva a crer que o duplo homicídio esteja relacionado ao tráfico de drogas, já que o preso e os outros dois homens já foram denunciados por comandar a venda de entorpecentes no Jardim Manguinhos”, concluiu o delegado João Ricardo.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas
páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no
Youtube. Você também
pode enviar informações à Redação
do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas