Presos em flagrante homens que assaltaram posto em JP; crime foi registrado em v?deo

9
0
COMPARTILHE

A Polícia Civil da Paraíba, em operação da Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos e Cargas da Capital, prendeu em flagrante, no início da tarde desta terça feira (24), Antonio Naelson Chalega Gonçalves, 39 anos, e Edson Barbosa da Silva, 28 anos, cujas identidades foram divulgadas pela Secretaria de Comunicação da Paraíba. A dupla é suspeita de roubar um posto de combustíveis no bairro do Cristo Redentor, na Zona Oeste de João Pessoa. A ação criminosa foi flagrada por um circuito de câmeras.

Leia mais Notícias no Portal Correio

As imagens de monitoramento do posto mostraram o momento que a dupla chega ao estabelecimento, saca uma arma e aborda os frentistas e um cliente que estava abastecendo o veículo. As vítimas foram obrigadas a entregar dinheiro e objetos pessoais. Depois, os dois assaltantes fugiram.

Quando o caso foi registrado na Polícia Civil, os agentes de investigação analisaram as imagens e identificaram os suspeitos. Antonio e Edson já estavam sendo procurados e a imagem deles roubando era o que faltava para pedir na Justiça o mandado de prisão preventiva.

Presidiários do regime semiaberto, os dois foram presos quando prestavam serviço na manhã desta terça. Com Antonio, que já cumpre pena por homicídio, e Edson, por roubo e receptação, foram encontradas as roupas, os tênis e os capacetes que eles usavam na hora do roubo, a moto e mais R$ 225 em notas de R$ 10 e R$ 5.

“As roupas e o dinheiro comprovam que Antonio e Edson são os homens que aparecem roubando o posto de combustíveis. Com os dois também encontramos um notebook que provavelmente foi fruto de roubo”, informou o delegado adjunto de Roubos e Furtos de Veículos e Cargas da Capital, Luiz Eduardo Montenegro.

De acordo com as investigações, a dupla praticava os crimes durante a semana porque nos finais de semana os dois iam para o presídio. Com a prisão em flagrante por roubo, eles perdem o benefício do semiaberto e voltam para regime fechado para aguardar uma nova sentença da Justiça.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas