Presos travestis suspeitos de espancar homem por conta de programa sexual, em JP

COMPARTILHE

Um homem, com cerca de 40, foi espancado e assaltado por dois travestis, por volta das 17h desta sexta-feira (14), na praça Pedro Américo, no Centro da Capital. A vítima alegou que o crime foi um assalto, mas a polícia informou que os travestis, que foram presos, disseram que o crime ocorreu após desistência de um programa sexual.

Leia mais Notícias no Portal Correio

Segundo a polícia, a vítima estaria nas imediações da praça no momento quando foi espancado a murros e chutes. “Ele disse que foi assaltado por dois travestis e nos informou as características. Foram feitas diligências, localizamos os suspeitos e efetuamos a prisão”, disse a PM.

Presos, os travestis teriam informado a polícia outra versão para o crime. “Eles disseram que o homem estava na praça em busca de programa e que ele teria abordado elas. Percebendo que elas eram travestis, o homem desistiu do programa. Elas teriam visto ele com dinheiro e resolveram cometer o crime”, contou a PM.

Os suspeitos foram encaminhados para uma delegacia de polícia. O Samu não soube informar o estado de saúde da vítima.

Em respeito à Legislação Eleitoral, o Portal Correio não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrem.

Notícias mais lidas