PRF confirma racha e pede ajuda para identificar motorista de Hilux envolvida em acidente

8
0
COMPARTILHE

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) confirmou, na manhã deste domingo (22), que um dos carros envolvidos no grave acidente que deixou duas pessoas mortas e duas feridas na BR-230, em João Pessoa, nesse sábado (21), participava de um racha. 

Leia mais Notícias no Portal Correio

A disputa acontecia entre o carro do modelo Corolla e uma Hilux de cor prata, cujo condutor ainda não foi identificado. A PRF pede para que a população ajude a identificar o motorista, que segue fugitivo.

“É importante que pessoas que tenham anotado a placa da Hilux ou saiba por outros meios quem conduzia o veículo que denuncie à PRF pelo telefone 191. A identidade da pessoa será preservada”, disse o inspetor Eder Rommel.

Segundo ele, o motorista do segundo veículo envolvido no racha deve responder por crime de trânsito e pode ser processado ainda por homicídio e lesão corporal.

“A prática de racha é crime por si só e motorista da Hilux vai responder por isso. No entanto, se for confirmado que o motorista do Corolla perdeu o controle e provocou o acidente por causa de um contato com a caminhonete, ele vai ser responsabilizado também pelo o que ocorreu com as vítimas”, completou o policial.

As duas pessoas que estavam no Corolla morreram ainda no local do acidente. Dois ocupantes de um Chevrolet Classic, que nada tinha a ver com o racha, ficaram feridas e foram levadas para o Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena.

Momentos após o acidente, testemunhas informaram que o velocímetro do Corolla marcava 170 km/h, mas a PRF acredita que a velocidade do carro antes da capotagem era inferior a isso. “Com o impacto da batida, o velocímetro pode disparar e travar em qualquer velocidade. Só a perícia vai poder dizer com precisão em qual velocidade o carro estava”, explicou Eder Rommel. 

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas