Procon-CG e entidades firmam TAC para emiss?o de carteira estudantil

13
0
COMPARTILHE

O Procon de Campina Grande realizou terça (12) e quarta-feira (13), uma audiência pública com as entidades estudantis secundaristas e universitárias, representantes de Diretórios Acadêmicos e representantes de movimentos estudantis de Campina Grande. Do encontro, um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) foi instaurado em cumprimento à Lei Municipal Nº 6.046 e demais legislações que disciplinam a confecção, emissão e uso das Carteiras de Identidade Estudantil (CIE).

Leia mais Notícias no Portal Correio

Em 2016 a taxa de emissão para as carteiras que forem adquiridas via formulário físico ou via internet será de R$18,00 e na modalidade opcional da emissão no momento do requerimento será de R$22,00.

Os formulários deverão ser disponibilizados para os estudantes a partir do dia 25 de janeiro. De acordo com o TAC as entidades terão o prazo de trinta dias úteis, contados a partir da entrega do formulário, para entrega da CIE.

Em cumprimento ao decreto federal as entidades deverão seguir o padrão nacional na confecção da carteira.

O descumprimento dessas cláusulas ensejará a aplicação de multa que pode variar de R$500 a R$5 mil por cada ato de infração, e até a exclusão da entidade no processo de emissão.

“Os estudantes que identificarem valores acimas dos estipulados no TAC, deverão procurar o órgão e formalizar a reclamação, para que assim possamos tomar as medidas cabíveis”, orientou o gerente de fiscalização do Procon, Artur Dantas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas