Professores da UEPB aprovam greve de um dia por semana e assembleia permanente

37
0
COMPARTILHE

Os professores da UEPB a partir de agora paralisarão atividades um dia por semana, permanecendo em estado de greve e assembleia permanente. A decisão foi tomada em uma assembleia geral realizada nesta quinta-feira (9), em Campina Grande, para discutir crise na universidade e o congelamento dos salários e gratificações.

Leia mais Notícias no Portal Correio

A assembleia também deliberou pela ampliação da comissão de mobilização, com a inclusão de representantes dos oito campi da instituição, além de definir uma posição da categoria contrária às propostas da reitoria da UEPB de corte de 2,7 mil vagas, demissão de 120 professores substitutos e 90 técnicos terceirizados e suspensão de bolsas e serviços.

Os professores decidiram que participarão de forma massiva da reunião do Conselho Superior da UEPB, onde a proposta será avaliada, para acompanhar a apreciação e tentar articular a retirada da pauta pelos conselheiros.

Os professores também decidiram aderir ao Dia Nacional de Paralisações e Greves, em 15 de março, que está sendo convocado pelo Sindicato Nacional dos Professores – ANDES-SN e por centrais sindicais, contra a proposta de emenda à Constituição 287/2016, que propõe a contrarreforma da previdência.

A redação do Portal Correio tentou falar com representantes da UEPB, mas não foi possível estabelecer contato.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas
páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no
Youtube. Você também
pode enviar informações à Redação
do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas