Professores da UEPB decidem manter greve em assembleia geral

5
0
COMPARTILHE

Os professores da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) decidiram manter a greve da categoria, em Assembleia Geral Ordinária realizada nessa quarta-feira (19). Apenas 11 professores votaram pelo fim do movimento, enquanto 64 apoiaram a continuidade da greve.

Leia mais Notícias no Portal Correio

Durante a plenária, os professores reafirmaram o posicionamento contrário à realização de qualquer atividade de ensino, pesquisa e extensão na Universidade, assim como desaprovaram a solicitação do reitor em realizar concurso público durante a greve. “Esse resultado demonstra que está viva na categoria a unidade, força e disposição para a luta”, analisou o presidente da Associação dos Docentes da UEPB, Jucelino Luna.

Os docentes pararam as atividades no dia 19 de junho e ainda não há previsão do encerramento da greve. Na avaliação da direção da ADUEPB “não foi constatado nenhum avanço relativo à pauta de reivindicações da categoria, como Data-Base, reajuste salarial, revisão dos contratos dos professores substitutos, construção e melhorias nos campi de Monteiro, Patos, Araruna, Guarabira e João Pessoa, impossibilitando o fim do movimento.”

Atualmente a UEPB tem um quadro de mais de 1.300 professores distribuídos nos oito campi da instituição espalhados pelo Estado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas