Quem não andar na linha…

18
0
COMPARTILHE

Escolhido para presidir o Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara de João Pessoa, o vereador João Bosco dos Santos Filho, conhecido como Bosquinho (PSC), disse, ontem, que vai fazer reunir os 27 parlamentares, na próxima semana, para pedir a cooperação de todos no tocante ao respeito mútuo dentro e fora do plenário.

A ideia do vereador é que o Conselho não seja acionado no período em que ele estiver à frente do mesmo. Para que isso aconteça, segundo Bosquinho, os vereadores precisam se respeitar e andar na linha quando o assunto for ética e decoro. “Quero que o Conselho não precise trabalhar, mas se o mesmo for acionado, teremos que cumprir o que manda a lei”, comentou Bosquinho.

Na legislatura passada, se o Conselho tivesse em funcionamento, certamente teria apresentado punições para os vereadores Sérgio da Sac e Marmuthe Cavalcanti, que quebraram o decoro em discussões agressivas por causa de redutos eleitorais. Na semana passada, Sandra Marrocos (PSB) e Eliza Virgínia (PSDB) engrossaram a voz- uma gritando que a outra é mentirosa- e só faltaram se agredir fisicamente por causa de projetos da tucana.

Um projeto pune a pichação e o outro prevê a escola sem partido na rede municipal. Previsto no Código de Ética e Decoro, o Conselho foi instalado anteontem, depois de 14 anos de espera. O Código foi uma iniciativa do ex-vereador Fernando Milanez. As punições previstas no Código de Ética, para quebra de decoro, vão de uma simples advertência à suspensão e cassação de mandato.

16 anos de espera

O ex-deputado estadual João da Penha foi reconhecido como pastor pela Igreja Assembleia de Deus. O ato de reconhecimento se deu no dia 17 de junho de 2016. Ele disse que se sente regojizado pelo reconhecimento ter partido de uma igreja histórica e das mais sérias do mundo. “Foram 16 anos de espera”, comemorou.

Pronunciamento

O deputado Janduhy Carneiro jogou a “m… no ventilador” da ALPB. Por duas vez, dois pronunciamentos, duas lapadas na gestão de Gervásio Maia. Ele pelo menos teve coragem de falar, já outros somem…

Resposta

O presidente declarou que não ia responder porque não tinha entendido o que Janduhy quis dizer. Como diria um amigo meu: “fale mais que eu acredito”.

Mal estar 1

Jaduhy não perdeu tempo e disse que já que Gervásio não entendeu, vai mandar ‘a fala’ por escrito. Já pediu até a taquigrafia. “Eu pedi tratamento isonômico nos dois pronunciamentos que eu fiz. Ele não entendeu”, disse na tribuna.

Mal estar 2

“Perseguição é como estou me sentindo nesta Casa. E a taquigrafia remeta ao gabinete do presidente meu pronunciamento do dia 22”. E ponto final.

Encontro no TJPB

O presidente do TJPB, desembargador Joás de Brito Pereira, abrirá nesta sexta-feira, às 9h, a reunião Conjunta dos Comitês Orçamentários de 1º e 2º Graus e do Comitê de Priorização. Na pauta, a eleição para membros dos Comitês e o andamento dos projetos estratégicos.

De braços…

Líder do Governo, Hervázio Bezerra continua defendendo que o PMDB volte para os braços do PSB. Em entrevista a Correio Sat, disse ter trabalhado para que a eleição de 2014 fosse mantida.

…abertos

“Eu defendo essa reaproximação”, ressaltou Hervázio, lembrando que a maioria dos peemedebistas com mandato estão alinhados com o Governo.

Calendário

O prefeito de Patos, Dinaldinho estaria preparando para anúncio do calendário de pagamento dos servidores públicos municipais. Não seria apenas deste ano, mas dos quatro anos de gestão. Dia 1º de maio.

60 anos

Em maio deste ano, a Associação dos Plantadores de Cana da Paraíba (Asplan) vai comemorar 60 anos de atividades ininterruptas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas