Raimundo Lira confirma reajuste do Judiciário e indicações para o BC na pauta da CAE

13
0
COMPARTILHE

O senador Raimundo Lira (PMDB-PB) confirmou que a Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) votará nesta terça-feira (28) projeto que reajusta os salários dos servidores do Judiciário (PLC 29/2016). A proposta não foi votada na reunião anterior da comissão, no dia 21, devido a um pedido de vista, pelo fato de o relator, senador Jorge Viana (PT-AC), informar que o projeto foi encaminhado ao Congresso Nacional sem todos os dados do impacto orçamentário e financeiro dos reajustes salariais.

Leia mais notícias de Política no Portal Correio

Para evitar uma possível nulidade do reajuste, em decorrência do descumprimento dessa exigência, prevista na Lei de Responsabilidade Fiscal, o vice-presidente da comissão, senador Raimundo Lira, que presidiu a sessão, solicitou ao Supremo Tribunal Federal (STF) e ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ) o envio das informações à CAE.

O projeto estabelece reajuste de aproximadamente 41,47% para servidores do Judiciário da União. O aumento será dado, de forma escalonada, em oito parcelas, de junho de 2016 a julho de 2019. Além disso, a gratificação judiciária, hoje correspondente a 90% do vencimento básico, chegará gradualmente a 140%, em janeiro de 2019.

Também concede, a partir de janeiro de 2016, reajuste de até 25% para os cargos em comissão, mesmo percentual usado para assemelhados no Executivo. Pela proposta, técnicos judiciários com curso superior receberão adicional de qualificação. Hoje, a Lei 11.416/2006, que trata das carreiras dos servidores do Poder Judiciário da União, garante esse adicional só para servidores com mestrado, doutorado ou especialização.

Banco Central – Além do reajuste do Judiciário, a comissão deverá iniciar o processo de deliberação sobre indicações de quatro diretores do Banco Central (BC) e de um da Comissão de Valores Mobiliários (CVM). Para o BC, os indicados são Reinaldo Le Grazie, Tiago Couto Berriel, Carlos Viana de Carvalho e Isaac Sidney Menezes Ferreira. Para a CVM, o indicado é Henrique Balduíno Machado Moreira.

LDO – A CAE deverá também discutir e votar emendas ao projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2017. Essas emendas serão posteriormente apresentadas à Comissão Mista de Orçamento (LDO).

Leia
mais notícias
em portalcorreio.com.br, siga nossas
páginas no
Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no
Youtube. Você também
pode enviar
informações à Redação
do Portal Correio pelo
WhatsApp (83) 9 9130-5078.

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas