Raposa vence o Coruripe-AL por 3 a 1, de virada, e dispara na lideran?a do Grupo 3 da S?rie D

4
0
COMPARTILHE

O Campinense entrou em campo na tarde deste domingo (16) para enfrentar o Coruripe-AL no estádio Amigão, em Campina Grande, no terceiro jogo como mandante na Série D do Campeonato Brasileiro. Com a missão de manter a liderança no Grupo 3 da competição, a Raposa fez a lição de casa e venceu a partida, de virada, por 3 a 1, chegando a 11 pontos, enquanto o adversário, vice-líder, tem apenas seis.

Leia mais notícias de Esportes no Portal Correio

O técnico Francisco Diá escalou o Campinense com uma formação tática 4-3-3. Iniciaram como titulares Glédson,Filipe Ramon, Joécio, Tiago Sala, Ronaell, Negretti, Magno, Endrick, Marcelo Maciel, Rodrigão e Túlio Renan.

O Coruripe, por sua vez, foi a campo com uma formação 4-4-2. O treinador Evandro Guimarães, o Café, escolheu os titulares Rudson, Marcio Lima, Willame José, Fernando Belém, Diego Aragão, Mazinho, Michel, Tiago Lima, Rafael Granja, Fabiano e Etinho.

O jogo começou com os dois times tocando muito a bola no meio de campo, sem muita efetividade, apesar da demonstração de mais iniciativa por parte do Campinense. No entanto, quem abriu o placar foi o time visitante.

Aos 18 minutos, Rafael Granja fez boa jogada individual, invadindo a área do Campinense. Na dividida com a defesa, a bola sobrou para Tiago Lima, que mandou para a rede.

Depois do gol, o Coruripe se fechou bem, enquanto o Campinense melhorou o rendimento e procurou manter a posse de bola, apertando o adversário. Apesar da vontade do time paraibano, o primeiro tempo terminou com vantagem para o clube alagoano.

A reação raposeira não demorou a acontecer. Logo aos quatro minutos do segundo tempo, após tabela com Valdeir, Everaldo cruzou na área do Coruripe, na medida para Rodrigão subir e cabecear firme para empatar.

Logo em seguida, aos sete minutos, o Coruripe deu um susto na torcida da Raposa. O time marcou o segundo, com Etinho, mas a arbitragem já marcava uma irregularidade no ataque.

O Campinense não se abateu e seguiu no ataque. No minuto seguinte, Túlio Renan aproveitou um cruzamento e finalizou. A bola sobrou para Rodrigão, que chutou para defesa do goleiro. Em rebote, o mesmo Rodrigão insistiu e mandou para dentro do gol, virando para a Raposa.

A partir da metade do segundo tempo, os papéis se inverteram. Desta vez era o Coruripe que tentava ir para cima enquanto o Campinense se fechava.

Mas Rodrigão estava impossível! Em jogada pela direita, Everaldo cruzou e o atacante pegou de primeira, vencendo o goleiro Rudson pela terceira vez, aos 37 minutos. A partir de então, o Coruripe não teve mais forças para tentar reagir, para a alegria da torcida da Raposa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas