Record TV volta a tratar caso do agente de JP e Rezende critica habeas corpus; vídeo

108
0
COMPARTILHE

A morte do agente de trânsito Diogo Nascimento, de 34 anos, voltou a ser pauta no Cidade Alerta nacional, da Record TV, desta semana. O apresentador Marcelo Rezende destacou o novo pedido de prisão expedido pela polícia e com parecer favorável do Ministério Público da Paraíba para o suspeito do caso, Rodolpho Gonçalves Carlos da Silva, de 24 anos.

Leia também:

Polícia aguarda definição da Justiça para saber se prende suspeito de matar agente

Polícia expede novo pedido de prisão para suspeito de matar agente; MP é favorável

Grupos fazem mais um protesto por justiça em caso de agente atropelado em JP


Rezende ironizou o fato do habeas corpus concedido pelo desembargador Joás de Brito ter sido assinado na madrugada do domingo (22), quase um dia depois do acidente, quando o primeiro pedido de prisão do suspeito havia sido feito. Veja o vídeo abaixo.

Diogo foi morto quando trabalhava em uma blitz da Lei Seca no Bessa, em João Pessoa, na madrugada do sábado (22). Segundo a polícia, o suspeito de provocar o atropelamento dirigia um Porsche e estaria tentando escapar da operação quando atropelou o agente.

A vítima foi levada em estado grave para o Hospital de Trauma, onde ficou internada, mas morreu no dia seguinte. Rodolpho teve a prisão decretada, mas antes mesmo de ser preso, manteve a liberdade após o desembargador Joás de Brito assinar um habeas corpus.

O Portal Correio vem tentando fazer contatos com desembargador Joás de Brito e com a defesa de Rodolpho para comentar a repercussão, mas mesmo depois de várias tentativas eles não são localizados.

A última vez que a defesa do suspeito se pronunciou foi na quinta-feira (26), no Balanço Geral, da Rede Correio Sat, ao afirmar que não iria comentar nada sobre o novo pedido de prisão expedido pela Polícia Civil.

Assista à nova abordagem da Record TV no caso:

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas