Romero envia à Câmara projeto para reajustar salário dos servidores de Campina

12
0
COMPARTILHE

O prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, enviou nesta quinta-feira (12), para a Câmara de Vereadores o projeto de lei que reajusta os salários dos servidores municipais efetivos e os benefícios pagos aos aposentados e pensionistas, tendo como base o valor do novo salário mínimo.

Leia mais notícias de Política no Portal Correio

A medida tem por objetivo cumprir o que determina a legislação federal e ao mesmo tempo dar continuidade a uma série de políticas públicas voltadas para a valorização dos servidores públicos municipais.

No início deste ano, através do decreto nº 8.948 de 16 de dezembro de 2016, o governo federal fixou em R$ 937 o valor do novo salário mínimo a partir de 1º de janeiro. Até o ano passado o mínimo era de R$ 880.

O projeto de reajuste para servidores foi elaborado pela Procuradoria Geral do Município e enviado pelo Executivo Municipal em caráter de urgência, mas os seus efeitos são retroativos a 1º de janeiro deste ano. Ou seja, o novo salário mínimo dos servidores públicos municipal já estará em vigor no pagamento do mês de janeiro deste ano. Na última quarta-feira, o prefeito Romero Rodrigues já havia anunciado que enviaria o projeto ao Legislativo Municipal.

“Nós vamos ter um impacto significativo em nossas finanças, que há muito tempo já vêm sofrendo com os efeitos da crise econômica que castiga o país inteiro e, sobretudo, os municípios brasileiros. Mas graças às medidas de economia e austeridade, que temos adotado desde o início de nossa primeira gestão, iremos conseguir honrar o compromisso com os servidores públicos e manter o pagamento dos salários religiosamente em dia”, comentou.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas