Saúde inicia campanha de vacinação antirrábica para cães e gatos, em João Pessoa

30
0
COMPARTILHE

Com intuito de fortalecer as ações de vigilância, prevenção e controle de raiva canina na Capital paraibana, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de João Pessoa inicia as atividades de imunização que fazem parte da Campanha Anual de Vacinação Antirrábica. Devem ser vacinados cães e gatos a partir dos três meses de vida Para este ano a meta é imunizar 80% da população de cães da Capital, que atualmente é estimada em 81 mil cães. Portanto, deverão ser vacinados aproximadamente 64 mil cães.

Leia mais Notícias do Portal Correio

Durante toda a campanha, a população poderá levar seus cães e gatos para serem vacinados no Centro de Vigilância Ambiental e Zoonoses (Cvaz). “Estamos trabalhando a imunização dos animais durante todo mês de setembro. No ‘Dia D’ da Campanha, que será realizado no dia 17 de setembro, iremos ampliar a estrutura com postos móveis com assistência para os cinco territórios da capital com a intenção de proteger todos os animais da capital”, explicou Nilton Guedes, gerente do Cvaz.

O horário para vacinação no Centro de Vigilância Ambiental e Zoonoses será das 8h às 17h. O Cvaz fica localizado na Avenida Walfredo Macêdo Brandão, nº 100, Jardim Cidade Universitária.

Nilton destaca que a pactuação com o Ministério da Saúde é de imunização apenas para cachorros, por isso não há uma meta para vacinar gatos. Porém esses animais também serão imunizados durante a campanha. “É de responsabilidade de todos os guardiões a proteção de seus animais, e como consequência, as pessoas que convivem com eles, pois imunizando o animal, está protegendo sua família”, disse.

Ainda de acordo com o gerente, o animal precisa ser vacinado anualmente. Porém aqueles que ainda receberão a primeira dose deverão tomar a segunda dose após 30 dias. Ele alerta também para a contraindicação. “Se o animal estiver debilitado não deverá receber a vacina, mas isso será avaliado pela equipe no momento da vacinação e, após o reestabelecimento do animal, ele poderá ser vacinado”, explicou.

O proprietário deve levar o cartão de imunização do animal, mas aqueles que não tiverem o cartão também receberão o comprovante de vacinação. “É fundamental lembrar que aqueles que forem imunizados durante a campanha não precisarão retornar no ‘Dia D’, mas também é importante aproveitar o período da campanha e não deixar para o último momento”, concluiu Nilton.

Raiva animal – A raiva animal é uma doença causada por um vírus. Ela ataca diversos animais, e também o homem. Quase 100% das pessoas que adquirem a doença chegam ao óbito. O cão, o gato e o morcego são os principais transmissores da raiva em áreas urbanas.

Quando uma pessoa é agredida por um animal, a exemplo do cão, gato, morcego ou sagüi, é importante lavar bem a ferida, com bastante água e sabão amarelo e procurar imediatamente uma unidade de saúde. A recomendação é não matar o animal e pedir orientação ao Centro de Vigilância Ambiental e Zoonoses (Cvaz) de João Pessoa, através dos telefones 3218-9357 ou 3214-3459.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas