Saúde-JP inicia ações para incentivar o aleitamento materno; veja local

17
0
COMPARTILHE

De 1º a 6 de agosto, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), por meio do Instituto Cândido Vargas (ICV) e do Banco de Leite Humano Dra Zilda Arns, realiza a Semana Mundial de Amamentação. O objetivo é fortalecer, incentivar e promover a conscientização de profissionais, gestantes e mães a respeito do aleitamento materno exclusivo até os seis meses e complementar até dois anos de vida.

Leia mais Notícias do Portal Correio

Com o tema ‘Aleitamento Materno: Presente Saudável, Futuro sustentável’, a ação contará com palestras, orientações às gestantes, apoio às mães e bebês internos em leitos neonatais, além de oficinas voltadas para profissionais da área da saúde. “A amamentação diminui os índices de mortalidade infantil e contribui de forma positiva no desenvolvimento da criança até na sua fase adulta”, destaca Daniele Maciel, coordenadora do Banco de Leite Dra. Zilda Arns.

No ICV, o primeiro dia de atividade, nesta segunda-feira (1º), engloba momentos com grupos de gestantes, promovidos pela equipe multiprofissional, e rodas de conversa com profissionais que trabalham nos alojamentos conjuntos e a equipe do Alojamento Canguru.

Já na terça-feira (2), à tarde, será realizada uma mesa redonda no Centro de Estudo sobre Motivação Profissional. A ação contará com a participação de Alice Cavalcante Fernandes, uma das fundadoras do Banco de Leite Humano da cidade de Londrina, no Paraná. Dando continuidade a programação, na tarde da quarta-feira (4) será realizada uma oficina de Shantala para as gestantes com gravidez considerada de risco e internas na Unidade de Cuidado às Gestantes do Instituto Cândida Vargas.

A programação ainda inclui um encontro com os representantes e coordenadores de Bancos de Leite Humano e postos de coleta do Estado da Paraíba para discutir sobre construção e práticas de protocolos sobre o uso de leite humano nas unidades neonatais. O evento acontecerá na manhã da quinta-feira (4), no auditório da Maternidade Frei Damião, localizada na avenida Cruz das Armas, nº 1.581, na Capital.

Ainda na quinta-feira (4), desta vez no período da tarde, será realizada uma palestra tendo como tema ‘Primeiro Socorros ao Recém Nascido Engasgado’ que será ministrada pelo Corpo de Bombeiros da Paraíba no auditório do ICV.

O encerramento da Semana de Aleitamento Materno acontecerá no sábado (6) no Parque Solon de Lucena. O ‘Venha Amar-Mentar’ começará a partir das 16h e será organizado pela a Associação Brasileira de Enfermeiros Obstétricas em parceria com o ICV.

Banco de Leite – O Banco de Leite Humano (BLH) é um serviço especializado com a função de incentivar e proteger o aleitamento materno por meio da coleta, processamento, controle de qualidade e distribuição do leite humano. Ele também dá suporte para mulheres que encontram dificuldades ou dúvidas em relação ao aleitamento.

Em João Pessoa, o Banco de Leite Humano Dra. Zilda Arns funciona no ICV e, atualmente, em média, fornece dois litros e meio de leite humano pasteurizado por dia. O alimento tem como público alvo os recém-nascidos prematuros, de baixo peso e que estão internados em Unidades de Terapia Intensiva e Unidades de Cuidados Intermediários do Cândida Vargas.

“Quanto mais doações, mais importante ela é para manutenção de estoque”, salientou Daniele Pereira, coordenadora do Banco de Leite. A doação é espontânea e acontece apenas do leite excedente. “Quem determina a quantidade a ser doada e até quando esta doação acontece é a mãe. Ela de maneira espontânea percebe que ainda há leite excedente após amamentar o filho”, complementou.

Em relação ao aleitamento, as mulheres, mesmo aquelas que não tenham parido na maternidade do ICV, podem procurar a unidade para receber orientação sobre os procedimentos. As mães devem se dirigir ao setor administrativo do ICV, das 8 às 17h, para receberem ajuda de profissionais. Outra opção é ligar para o 3015-1555.

“A mãe pode vir com o bebê ou ligar para o Banco de Leite para receber orientações. Geralmente, as dificuldades aparecem no momento em que as mulheres começam a amamentar e aí as dúvidas vão desde a dificuldade com a pega até a alimentação adequada para o período de amamentação. No Banco de Leite temos profissionais que dão apoio e orientam essa mulher”, explicou a coordenada.

Educação popular – A Rede Municipal de Saúde de João Pessoa também disponibiliza para as mulheres usuárias do Instituto Cândida Vargas (ICV) e das Unidades de Saúde da Família (USF) um serviço de educação popular em saúde e aleitamento materno. O trabalho é realizado de forma permanente na maternidade, assim como dentro das comunidades.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br,
siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no
Youtube. Você também
pode enviar informações à Redação
do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas