Sem perd?o para bandido

11
0
COMPARTILHE

Até quando, vamos permanecer reféns da bandidagem? Até quando vamos ter que ficar encarcerados dentro de casa com medo de sequestros, assassinatos, estupros, assaltos, torturas etc? Já falei sobre isso aqui mesmo e volto a me referir ao assunto depois da crueldade praticada por dois bandidos contra duas mulheres e um bebê no último final se semana, entre João Pessoa e Goiana (PE). Já passou da hora do Estado brasileiro dar um basta na situação da violência. A sociedade precisa reagir e exigir providências.

E para bandido, não há perdão, tenha ele 14, 16, 40, 60 ou 80 anos. A branda legislação brasileira tem que mudar. Os deputados federais e senadores precisam dar ouvido à voz das ruas. A presidente da República precisa tomar a iniciativa de endurecer o jogo. Os governadores precisam participar do processo e propor medidas duras. Se não agirem em conjunto, a situação, que está quase sem controle, vai piorar ainda mais.

Mais uma vez, repito: para bandido, não há perdão. Bandido que assalta, sequestra, estupra, tortura, mata, tem que sofrer punições severas.

Está na hora de acabar com as benesses que esses bandidos têm nas cadeias: visita íntima, banho se sol, progressão de pena, indulto de Natal, redução de pena por bom comportamento ou porque trabalha… Tem que trabalhar mesmo. E no pesado. Limpar o chão das cadeias onde estão, fabricar os próprios colchões, se não quiserem dormir no chão frio, fabricar o próprio remédio, quando estiverem doentes, produzir a própria comida etc.

Olha só que absurdo: a grande maioria da população brasileira, gente que trabalha e paga imposto para manter os presídios, não tem direito a vacina contra gripe. Mas os desgraçados que desgraçaram as vidas de famílias inteiras têm direito a vacina de graça para não ficar gripados. Estou abordando essa questão novamente porque fiquei revoltado, como toda sociedade, com o crime que chocou a Paraíba, no final de semana, e foi destaque no noticiário nacional.

Não tem como perdoar quem faz o que os bandidos fizeram com duas mulheres e um bebê na último sábado. A castração desses infelizes deveria ser apenas uma parte da pena para nunca mais eles fazerem o que fizeram, porque a morte para eles seria pouco. Eles precisam sofrer na cadeia pelo que fizeram. Ainda confio na Polícia e espero que os dois sejam encontrados, levem umas boas lapadas- daquelas os policiais sabem dar- e sejam entregues aos comparsas no presídio do Roger. (Adelson Barbosa dos Santos)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas