Servidor do Detran-PB e mais cinco pessoas são presas em nova etapa da Operação Gabarito

116
0
COMPARTILHE

A Polícia Civil da Paraíba confirmou, na manhã desta sexta-feira (12), a deflagração de mais uma etapa da Operação Gabarito, que investiga fraudes em concursos públicos.

Leia também: Procurador diz que vai exonerar quem foi aprovado no MPPB por fraude em concurso

Segundo superintendente da Polícia Civil na Paraíba, Marcos Paulo Vilela, seis pessoas foram presas e levadas para prestar esclarecimentos à Delegacia de Defraudações e Falsificações (DDF), na Central de Polícia, no bairro do Geisel, em João Pessoa.

Leia mais Notícias no Portal Correio 

Ele informou que entre os presos estão funcionários públicos, mas não quis dar detalhes sobre a identidade dessas pessoas, nem sobre a suposta participação delas no esquema criminoso.

Porém, o Portal Correio conseguiu apurar que um dos presos é servidor do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-PB).  A informação foi confirmada pelo advogado dele, Iarley Maia, que alegou inocência do cliente.

Segundo a defesa, o servidor seria amigo de um dos membros da quadrilha presa no último fim de semana, mas não tem envolvimento com a prática criminosa.

A polícia só vai emitir pronunciamentos oficiais sobre a operação em coletiva de imprensa marcada para a próxima segunda-feira (15).

Entenda o caso

Dezenove pessoas foram presas no último domingo (7) suspeitas de envolvimento em quadrilha responsável por fraudes em concursos municipais, estaduais e federais.

Segundo o delegado Lucas Sá, que comandou as investigações, o esquema funcionava desde 2005 e estima-se que mais de 500 pessoas tenham sido beneficiadas com fraudes em pelo menos 60 concursos em vários estados do país. Na Paraíba, a suspeita é de que 20 concursos tenham sido fraudados, totalizando cerca de 200 aprovados ilegalmente.

Ainda conforme as investigações, pelo menos R$ 18 milhões já teriam sido lucrados pela quadrilha.  

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas