Servidor do TJPB é detido suspeito de oferecer dinheiro para conseguir remédios, na Grande JP

10
0
COMPARTILHE

Um servidor do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB) foi detido para esclarecimentos, na tarde desta segunda-feira (19), suspeito de corrupção ativa. Ele teria oferecido dinheiro para que funcionários de um hospital em Cabedelo, município da Grande João Pessoa, entregassem medicamentos ilegalmente, sem consulta ou receita médica. Após ser ouvido, ele foi liberado e o caso vai ser investigado através de inquérito.


Leia mais Notícias no Portal Correio

De acordo com o delegado Ademir Fernandes, da Polícia Civil em Cabedelo, os próprios funcionários do hospital denunciaram o caso.

“Foi recebida a ligação do hospital informando sobre a tentativa de corrupção. Quando a polícia chegou ao local, o servidor foi detido. Ele alegou que havia sido enviado ao hospital por uma médica, que teria mando ele oferecer dinheiro em troca dos medicamentos”, afirmou o delegado.

Ao Portal Correio, o delegado Isaias Olegário, que investiga o caso, contou que a médica apontada pelo servidor foi identificada, mas negou participação no caso.

Ainda segundo o delegado, o servidor mudou de versão durante o depoimento e disse que os remédios seriam para a esposa dele, que passará por cirurgia nos próximos dias.

“O rapaz foi detido, prestou esclarecimentos e foi liberado. Primeiro, ele alegou que uma médica havia mando ele pegar os remédios, mas depois disse que ele foi lá para pegar os medicamentos para a esposa. O caso vai ser investigado por inquérito por portaria e vamos tentar identificar quem era a pessoa que falou com o servidor por telefone e pediu para ele oferecer o dinheiro pelos remédios”, concluiu o delegado

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas