Servidores da Fundac podem entrar em greve por tempo indeterminado

6
0
COMPARTILHE

Os trabalhadores da Fundação de Desenvolvimento da Criança e do Adolescente “Alice de Almeida” (Fundac) decidiram, por unanimidade, que poderão entrar em greve geral por tempo indeterminado a partir do próximo dia 6 de agosto. A decisão aconteceu em assembleia realizada na tarde desta quinta-feira (28), no auditório do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado, em João Pessoa. Até o início da paralisação, os servidores aguardam uma posição da direção do órgão em relação à manutenção do valor integral de R$ 180 referentes ao vale alimentação para cada trabalhador, bem como maior empenho do governo na criação do Plano de Cargos, Carreira e Remuneração da categoria.

Leia mais Notícias no Portal Correio

Os servidores, de todos os municípios do Estado, recusaram a proposta a da diretoria da Fundac. Segundo eles, depois de quatro meses, o órgão decidiu voltar a fornecer os vales para todos os trabalhadores em valores reduzidos, quando estabeleceu R$ 130 para quem trabalha apenas um expediente e R$ 200 para os que trabalham em dois turnos.

“Direito adquirido não se tira. Foi necessária muita luta para que conseguíssemos o valor de R$ 180 de vales refeições para cada trabalhador. A proposta da Fundac está fora de cogitação. Não aceitamos reduzir o valor, muito menos a imposição que estão querendo fazer com todos nós”, afirmou Lúcia Brandão, presidente do Sintac, sindicato da categoria, responsável pela assembleia geral.

Na próxima segunda-feira (1º), um documento será entregue ao presidente da Fundac, Noaldo Meireles, informando sobre a rejeição da proposta do órgão em relação ao problema. A categoria vai esperar por uma posição até a sexta-feira (5). Caso não se atendam as reivindicações decididas na assembleia, a categoria começará a paralisação a partir do dia seguinte.

A redação do Portal Correio tentou entrar em contato com a administração da Fundac e com a assessoria de imprensa do órgão na noite desta quinta-feira (28), mas as ligações não foram atendidas.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas
páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no
Youtube. Você também
pode enviar informações à Redação
do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas