Servidores do Judici?rio fazem manifesta??o em Bras?lia por aumento de sal?rio

13
COMPARTILHE

Os servidores públicos do Judiciário e do Ministério Público da União (MPU) em greve fazem, neste momento, uma manifestação em Brasília. Eles bloquearam três das seis faixas do Eixo Monumental, na Esplanada dos Ministério. A organização da marcha estima a presença de cerca de 2 mil trabalhadores. Até o fechamento da reportagem, a Polícia Militar do Distrito Federal, que acompanha a manifestação ainda não tinha uma estimativa.

Leia mais Notícias no Portal Correio

Os servidores do Judiciário pedem que a presidente Dilma Rousseff sancione o Projeto de Lei da Câmara (PLC) 28 que garante o reajuste dos salários em 56% para repor perdas nos últimos nove anos. Os servidores do MPU pedem que o Congresso Nacional aprove o PLC 41, que garante o reajuste a esses trabalhadores.

“Não temos reposição salarial há nove anos. Pedimos apenas a reposição da inflação nesse período, 60% do Judicário está em greve”, diz o integrante do comando de greve do Sindicato dos Servidores da Justiça (Sindjus). O ato faz parte da campanha #SancionaDilma e também vai pressionar o Supremo Tribunal Federal (STF) para que atue na defesa do PLC 28.

Vestidos de preto, com guarda-chuvas pretos e cartazes nas mãos, os servidores seguem para o STF e para o Palácio do Planalto. Os servidores têm atos programados para nesta terça-feira (21) e quarta-feira (22).

Em respeito à Legislação Eleitoral, o Portal Correio não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrem.

Notícias mais lidas