Sindicato diz que INSS na PB ainda n?o decidiu sobre greve e continua funcionando

9
0
COMPARTILHE

Cerca de 1,2 mil funcionários do INSS na Paraíba podem entrar em greve a partir da próxima sexta-feira (10) e deixar até sete mil pessoas diariamente sem atendimento nas 40 agências da previdência no estado. A decisão será tomada durante assembleia que será realizada nesta quinta-feira (9) a partir das 15h. O local da assembleia ainda será definido. Vários estados do país aderiram à greve nesta terça-feira (7).

Leia mais Notícias no Portal Correio

A paralisação é comandada pela Federação Nacional dos Sindicatos dos Trabalhadores em Saúde, Trabalho e Previdência Social (Fenasps) e já acontece em pelo menos seis estados do País, Santa Catarina, Paraná, Piauí, Rio Grande do Norte, São Paulo e Rio Grande do Sul.

O secretário administrativo do Sindicato dos Trabalhadores Federais em Saúde de Previdência (Sindsprev), na Paraíba, Euzevir Cavalcante, informou que a perspectiva é de que a greve seja acompanhada pelos servidores do nosso estado.

Ele informou que a defasagem salarial da categoria está em torno dos 30% e o governo federal está oferecendo um reajuste linear, ou seja, para todos os servidores públicos federais de 21,3% para ser implantado em quatro anos.

“Essa é a principal reivindicação nossa. Um reajuste salarial que contemple as perdas salariais”, enfatizou.

Outra reivindicação dos servidores do INSS diz respeito à incorporação das gratificações. Segundo Euzevir, 60% dos salários são pagos através de gratificação, e destes, somente 20% pode ser levado para a aposentadoria, os outros 40% os servidores perdem, ou seja, as gratificações não são incorporáveis.

Os servidores denunciam ainda que muitos colegas em idade de aposentar-se estão adiando a saído da ativa devido a falta de pessoal. “Mesmo com o concurso anunciado para preenchimento de mais de 900 vagas, há necessidade de muito mais servidores”, reclamou.

Na opinião do sindicalista, nos últimos 20 anos, o INSS precisaria ter contratado pelo menos mais 20 mil servidores para atender a demanda de atendimento ao público que se tem hoje em dia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas