Sobe para 504 o n?mero de casos suspeitos de microcefalia na Para?ba, em 99 cidades

25
0
COMPARTILHE

A Paraíba já tem 504 casos suspeitos de microcefalia, conforme o primeiro boletim epidemiológico de 2016 do Ministério da Saúde, divulgado nesta terça-feira (5). No informe anterior, eram 476 casos. O número de mortes por suspeita da doença permanece em cinco.

Leia também:

* JP lidera em casos de microcefalia na PB; veja lista de cidades com mais ocorrências

Estado e Exército iniciam ações para o combate ao Aedes aegypti na Paraíba

O número de cidades onde há casos suspeitos também aumentou e subiu 96 de para 99 e a Paraíba continua como o segundo estado com maior número de casos, perdendo apenas para Pernambuco.

De acordo com o Ministério da Saúde, as informações são referentes aos dados até o dia 2 de janeiro. Desde o início das investigações, foram notificados 3.174 casos suspeitos da doença em recém-nascidos de 684 municípios de 21 estados. Pela primeira vez, está sendo investigado um caso no estado do Amazonas. Também estão em investigação 38 óbitos de bebês com microcefalia possivelmente relacionados ao vírus Zika.

O estado de Pernambuco, o primeiro a identificar aumento de microcefalia, continua com o maior número de casos suspeitos (1.185), o que representa 37,33% do total registrado em todo o país. Em seguida, estão os estados da Paraíba (504), Bahia (312), Rio Grande do Norte (169), Sergipe (146), Ceará (134), Alagoas (139), Mato Grosso (123) e Rio de Janeiro (118).

A microcefalia está associada ao Zika vírus, transmito pela picada do mosquito Aedes aegypti, o mesmo que transmite a dengue e a febre chikungunya, conforme divulgado pelo Ministério da Saúde.

Veja o vídeo abaixo:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas