STJ reduz pena de acusada do assassinato do modelo Dalmi Coelho, na Grande JP

24
0
COMPARTILHE

Ana Paula Teodózio Carvalho, que responde pela morte do modelo Dalmi Coelho Barbosa, teve a pena reduzida de 18 para 15 anos a partir de recurso da defesa dela acatado pelo Superior Tribunal de Justiça. A informação foi divulgada em primeira mão no programa Cidade Alerta PB, TV Correio, dessa quinta-feira (19). Veja vídeo abaixo.

Leia mais Notícias no Portal Correio

O advogado criminalista, Thiago Beltrão, que faz a defesa de Ana Paula, entrou com o recurso alegando problemas na dosimetria da pena, já que casos semelhantes, conforme argumentou, tiveram como sentença uma pena menor.

Com a decisão, Ana Paula deverá cumprir seis anos em regime fechado, tendo depois progressão de regime. Porém, como condenada está há quatro anos presa, ela deve conquistar a semi-liberdade no prazo máximo de pouco mais de um ano, devido os trabalhos desenvolvidos dentro da unidade prisional, conforme informou a defesa.

A defesa ainda não está satisfeita com a decisão e informa que entrará com um Habeas Corpus no STJ para que possa haver uma redução maior.


 

Relembre o caso

Dalmi Coelho Barbosa, de 27 anos, modelo e servidor público, foi assassinado na manhã de 22 de dezembro de 2012, em Santa Rita. De acordo com os autos, o caso ocorreu após o modelo reagir a suposto assalto e ser baleado três vezes, morrendo no local.

Nas investigações, a Polícia Civil descobriu que Ana Paula teria sido a mandante do crime, porque ela nutria um amor obsessivo e não correspondido pela noiva do modelo, Raquel Teófilo Sousa, com quem idealizava manter um relacionamento amoroso. O assassinato de Dalmi foi considerado passional.

A polícia descobriu que o modelo saiu de uma academia e, quando caminhava em direção à residência onde morava, foi abordado por três homens que anunciaram o assalto. Em seguida, o trio roubou um celular e atirou várias vezes contra a vítima, que teve morte imediata, com o objetivo de simular o latrocínio.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas
páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no
Youtube. Você também
pode enviar informações à Redação
do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas