Sucessão deflagrada

0
COMPARTILHE

Encerrada a votação no Conselho de Ética e confirmada a derrota de Eduardo Cunha, foi deflagrada a sua sucessão na Presidência da Câmara dos Deputados. Ninguém tem mais dúvida de que perderá o mandato na votação em plenário, que deverá ocorrer em no máximo 30 dias.

Declarada a vacância, será eleito um presidente para completar o mandato de Eduardo Cunha, que vai até 1° de fevereiro de 2017. Embora seja por apenas seis meses, a vaga é muito cobiçada pelo poder que confere. Seu ocupante pode facilitar ou infernizar a vida do Presidente da República, de quem passará a ser substituto imediato.

Como Michel Temer não tem vice, todas as vezes que viajar, passará o cargo ao escolhido. E poderá ser um paraibano. Aguinaldo Ribeiro (PP) está na lista de cotados pelo “Centrão”, grupo de 12 partidos que teria votos suficientes para fazer o sucessor de Cunha.

Os outros candidatos que podem receber o apoio desse grupo são Jovair Arantes (PTB-GO), Rogério Rosso (PSD-DF) – que estariam mais interessados em um mandato completo, disputando a eleição de fevereiro – e André Moura (PSC-PE).

O PSDB tenta articular uma aliança com a esquerda contra o Centrão, que contaria com cerca de 250 dos 513 votos da casa. O PMDB também reivindica a vaga por ser, individualmente, dono da maior bancada da Câmara.

Por enquanto, as chances favorecem o Centrão e nele o PP de Aguinaldo Ribeiro é quem tem mais deputados: são 48, contra 33 do PSD, 18 do PTB e 8 do PSC, partidos dos outros cotados. A favor do paraibano ainda contaria o fato de não ter arestas e está no segundo mandato federal, assim como Rogério Rosso e André Moura. Em experiência perderia para Jovair Arantes, que está no 6° mandato federal.

A disputa será acirradíssima no Centrão e fora dele. Em razão da crise e das reformas que serão votadas pelos deputado, serão observados muitos outros fatores na escolha do candidato a sucessor de Eduardo Cunha, mas o fato de ser cotado é indicativo do espaço conquistado pelo paraibano.

TORPEDO

“Como eu não tenho conta na Suíça, não cometi irregularidades com o dinheiro público e nem compactuo com processos de corrupção, eles inventaram as pedaladas.”

Da presidente Dilma Rousseff, em evento no Espaço Cultural, sobre as acusações que levaram a seu afastamento do cargo.

Sem moído

Veneziano Vital do Rêgo entrará na disputa pela Prefeitura de Campina podendo proclamar que é ficha limpa: a última prestação de contas dos seus oito anos de gestão foi aprovada pelo TCE, por unanimidade.

Secretário

O deputado Ricardo Barbosa vai se licenciar para assumir a Secretaria de Representação da Paraíba em Brasília, cargo ora ocupado por Lindolfo Pires, que muda de pasta.Com isso, Arthur Filho volta a Assembleia.

Reforma…

A Comissão de Estudos para a Reforma Política da OAB-PB vai debater, às 18h de hoje,em audiência pública no seu auditório, financiamento de campanha, cláusula de barreira, fidelidade partidária e voto obrigatório.

… em debate

A discussão subsidiará o Conselho Federal, que vai apresentar proposta de Reforma Política ao Congresso Nacional. Quando políticos mudam leis eleitorais, cuidam de seus interesses. Essa quer preservar os do País.

ZIGUE-ZAGUE

O presidente do TJPB, desembargador Marcos Cavalcanti vai receber terça-feira, às 10h, o título de Honoris Causa. Será na solenidade dos 45 anos do Unipê.

BMG, Itaú, Caixa, Bradesco e Banco do Brasil lideram o ranking das reclamações de maio contra bancos e financeiras, por parte dos clientes, ao Banco Central.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas