Suspeito de matar agente tem que se apresentar nesta terça ou poderá ser preso, diz delegado

26
0
COMPARTILHE

Termina às 10h desta terça-feira (24) o prazo dado pela Justiça para que Rodolpho Gonçalves Carlos da Silva, suspeito de atropelar e matar o agente de trânsito Diogo Nascimento, se apresente à Central de Polícia para ser ouvido na Delegacia de Homicídios. A informação foi confirmada pelo superintendente da Polícia Civil em João Pessoa, delegado Marcos Paulo Vilella, que disse ainda que o suspeito pode receber novo mandado de prisão caso não compareça.

Leia também:


* Entenda o que é verdade e o que é boato no caso do agente atropelado em João Pessoa


* Corpo de agente de trânsito atropelado em blitz é velado e sepultado em JP; vídeos;


* Protesto em frente ao TJPB pede justiça para morte de agente de trânsito em JP;

* Suspeito de matar agente em blitz vai responder por homicídio doloso qualificado, diz polícia 

“Ele foi intimado a comparecer e prestar esclarecimentos. A decisão do desembargador (Joás de Brito) foi de que ele (Rodolpho Carlos) entregasse passaporte e Carteira de Habilitação em 24h e, em 72h, se apresentasse. Esse prazo de apresentação termina amanhã [terça, 24]. Caso ele desobedeça, dará brecha para um novo pedido de prisão, porque vai estar desobedecendo uma determinação judicial”, afirmou o delegado Marcos Paulo.


Leia mais Notícias no Portal Correio

O Portal Correio tentou contato com o advogado de Rodolpho Carlos para ouvi-lo sobre a situação do suspeito, mas as ligações não foram atendidas até o fechamento desta matéria.


Entenda o caso

Diogo Nascimento era servidor do Departamento Estadual de Trânsito da Paraíba (Detran-PB) e comandava uma blitz da Operação Lei Seca na Avenida Governador Argemiro de Figueiredo. no Bessa, em João Pessoa, quando foi atingido por um Porsche que teria desobedecido a ordem de parada.

O motorista fugiu sem prestar socorro, mas, devido ao impacto da batida, a placa do veículo caiu e foi apreendida pelas autoridades, o que facilitou a identificação do suspeito.

Socorrido para o Hospital de Emergência e Trauma, Diogo ficou internado em estado grave até as 18h desse domingo (22), quando a unidade confirmou o falecimento.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas