Suspeito de matar mulher na PB é preso no Ceará após ficar 15 dias em liberdade

6
0
COMPARTILHE

Um jovem de 26 anos foi preso na divisa dos estados do Ceará e Maranhão suspeito de matar Maria de Fátima, de 22 anos, em junho deste ano, na Zona Rural do município de Bananeiras, no Brejo paraibano, a 90 km de João Pessoa. Késsio Silva de Andrade foi preso em uma blitz da Polícia Militar local. Quando praticou o crime, o homem estava em liberdade há 15 anos.

Leia mais Notícias do Portal Correio

Segundo informações do delegado Diógenes Fernandes, Seccional da Polícia Civil de Solânea, Késsio Silva foi preso cerca de três dias após o crime durante uma blitz da Polícia Militar da cidade de São Benedito (CE). Após averiguações, os policiais constataram que o jovem era procurado por homicídio na Paraíba. Havia um mandado de prisão em aberto contra ele.

“A Polícia Civil foi contatada sobre a prisão do suspeito e começamos os trâmites burocráticos para o recambiamento para a Paraíba. Késsio foi o executor da mulher a mando do tio, que já está preso. Com a prisão dele, o inquérito foi concluído e os culpados presos. Após o crime, Késsio fugiu para casa de amigos no Ceará”, falou o delegado.

De acordo com levantamento feito pela Polícia Civil, a vítima era ameaçada pelo ex-esposo por ela não querer mais reatar o relacionamento. Ainda segundo a polícia, o homem planejou a morte da mulher e contou com a ajuda do sobrinho para executá-la.

“O ex-marido da vítima convenceu Késsio a matar a mulher dizendo que ela estava o denunciando à polícia pelos crimes que praticava, como roubo de motocicletas. Convencido, Késsio Silva foi até a casa de Maria de Fátima e a matou com três tiros na cabeça”, concluiu o delegado.

Jovem foi preso no Ceará

Fernandes disse que quando a mulher foi morta, o suspeito tinha deixado o presídio há 15 dias onde cumpria pena por roubo a motocicletas e tentativas de homicídio. “Ele é considerado uma pessoa perigosa e dedicada ao mundo crime, com muitas passagens pela Justiça e a prisão foi de suma importância, tanto que fizemos questão de buscá-lo no Ceará para que responda a este bárbaro homicídio, bem como se possa apurar vários crimes de roubo praticados por ele na região”, falou o delegado, informando que o jovem foi levado para a Cadeia Pública da cidade de Bananeiras. Tio e sobrinho estão na mesma cela.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas