Suspeito de roubo de armas de F?rum da PB ? preso com moto avaliada em R$ 40 mil

0
COMPARTILHE

Um homem de 32 anos foi preso na manhã desta quinta-feira (23), no bairro da Prata, em Campina Grande, no Agreste do estado, durante uma ação da Polícia Civil. Messias Duarte da Silva é suspeito de participar de um assalto a uma clínica e ainda de roubar cerca de 30 armas do Fórum Cível da cidade de Ingá, em 2013. Ele foi preso com vários objetos e ainda com uma motocicleta avaliada em R$ 40 mil.

Leia mais Notícias do Portal Correio

Segundo o delegado Cristiano Santana, titular da 3ª Delegacia Distrital de Campina, as investigações contra Messias Duarte iniciaram em março deste ano logo após um arrastão ocorrido em uma clínica cardiológica da cidade.

“Em março deste ano, a clínica foi invadida por quatro homens. Conseguimos identificar e prender três, mas o quarto ainda estava solto que seria Messias Duarte. Solicitamos o mandado de prisão contra ele depois de um levantamento feito pela Polícia Civil e a análise de imagens de câmeras do estabelecimento. Na ocasião funcionários e pacientes foram assaltados”, revelou o delegado.

Ainda segundo Santana, na casa de Messias os policiais apreenderam celulares, CPU e outros objetos, além de uma motocicleta de 600cc no valor aproximado de R$ 40 mil. Messias estava de posse de um CNH com a foto dele, mas no nome de outra pessoa. “Durante levantamento da vida pregressa do preso constatamos que ele é suspeito de participar do roubo de armas do Fórum de Ingá, em 2013. Na situação cerca de 30 armas – que faziam parte de processos – foram levadas”, falou. Ele foi levado para o Presídio Regional do Serrotão, em Campina Grande, onde ficará a disposição da Justiça.

Assalto ao fórum

Três assaltantes invadiram o fórum do município de Ingá (distante 95 quilômetros de João Pessoa), no Agreste paraibano, algemaram o vigilante e um outro homem na grade da cozinha e fugiram levando armas e computadores do local. O fato em março de 2013.

De acordo com informações da Companhia da Polícia Militar de Ingá, o assalto aconteceu por volta das 19h e durou cerca de 20 minutos. Os bandidos chegaram ao local em um carro vinho, entraram no fórum e quebraram as câmeras de segurança. A ação aconteceu em todas as dependências do local, incluindo o gabinete da juíza Gabriella de Britto.

No total, os assaltantes levaram o computador que armazenava as imagens das câmeras de monitoramento e todas as armas e munições existentes no fórum. Antes de saírem, eles ainda algemaram o vigilante, conhecido como João Melo, e um amigo dele que estava indo entregar sua marmita do jantar.

Cerca de meia hora depois, o vigia conseguiu serrar a algema com ajuda de uma cadeira e do ferro da grelha do fogão. A juíza pediu reforço policial ao Tribunal de Justiça da Paraíba.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas