Suspeitos de assaltos são detidos após celular roubado ser rastreado pela polícia

113
0
COMPARTILHE

Dois adolescentes de 17 anos suspeitos de tomar um carro por assalto e depois roubar um mercadinho foram detidos, nessa quinta-feira (25), no bairro Brisamar, em João Pessoa. Depois da ação, os suspeitos fugiram para a cidade de Cabedelo, mas a Polícia Militar descobriu a localização deles ao rastrear um celular que estava dentro do carro roubado.

Leia mais Notícias no Portal Correio

De acordo com o tenente Diedjon Souza, do Batalhão de Operações Especiais (Bope), os suspeitos perceberam que estavam sendo seguidos e abandonaram o veículo em Camboinha, já em Cabedelo. “Mas levaram os produtos do roubo, entre eles o celular que estávamos rastreando. Eles pegaram um transporte alternativo e foram para casa, no centro de Cabedelo. Identificamos a residência, cercamos o local e conseguimos apreender os dois em flagrante”, disse.

O oficial contou que todos os objetos roubados das vítimas foram recuperados. “Recuperamos o carro, os celulares das vítimas que estavam no veículo e todo o dinheiro levado do mercadinho e apreendemos drogas e balança de precisão que foram encontradas com eles”, completou.

Durante as buscas, a PM identificou que todos os assaltos tiveram a participação direta de um presidiário do regime semiaberto, que atuou com os dois adolescentes. Ele já foi identificado, não retornou à Penitenciária de Segurança Média de Mangabeira, na capital, onde cumpre pena por roubo, e nem foi encontrado em casa. Ele fugiu com a arma usada nos crimes e está sendo procurado.

Um dos suspeitos saiu do Centro Educacional do Jovem há 15 dias, onde cumpriu medida socioeducativa por roubo praticado há dois meses a uma casa lotérica, em Cabedelo, onde chegou a trocar tiros com o Bope no dia. O segundo suspeito também já cumpriu medida socioeducativa por roubo. Os dois foram levados para a Central de Polícia Civil, no Geisel.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas