|
domingo, 20 maio 2018
- Advertisement -
- Advertisement -
Início Tags Cultura e arte

Mais artigos sobre

Cultura e arte

Notícias mais lidas

video

Paraibano pode ser anulado se manipulação for comprovada

Denunciante do maior escândalo do futebol paraibano (a manipulação de resultados, por parte de dirigentes de clubes e árbitros, em jogos do Estadual investigada pela Operação Cartola), o vice-presidente da Federação Paraibana de Futebol (FPF), Nosman Barreiro, afirmou nesta terça-feira (15) que, caso ele assuma a Federação após intervenção da Confederação Brasileira de Futebol (FPF) na entidade, o Campeonato Paraibano deste ano pode ser anulado. Assista acima. Leia também: Inquérito da ‘Cartola’ revela podridão no futebol paraibano Para Nosman, a operação investiga uma pequena parte de “todo o procedimento criminoso que tem na Federação”. Os crimes estariam sendo cometidos por dirigentes, árbitros e o presidente da FPF, Amadeu Rodrigues. “Essa Operação Cartola é uma pequena parte de todo o procedimento criminoso que tem na Federação. O torcedor é a maior vítima de tudo isso. Se tiver realmente uma participação [de dirigentes] que influenciou os resultados como [a Operação Cartola] está mostrando, acredito que não tem outra possibilidade a não ser de anular [o Campeonato Paraibano]”, afirmou Nosman. Ainda durante a entrevista, Nosman contou que aguarda o término da intervenção da CBF na FPF para analisar a possibilidade de ele assumir o comando da entidade. Além disso, ele citou que outras federações de futebol podem estar envolvidas no esquema de manipulação de resultados. Amadeu alega inocência Em entrevista coletiva concedida nessa segunda-feira (14), Amadeu Rodrigues afirmou ser inocente e que o processo da Operação Cartola deixou de ser apenas investigativo para se tornar midiático por conta do vazamento de informações. Também nessa segunda, a CBF afastou Amadeu das funções de presidente da entidade e nomeou o auditor do Supremo Tribunal de Justiça Desportiva, Flávio Boson Gambogi, para conduzir a Federação até o fim das investigações.
video

Motoboys protestam contra morte de colega no trânsito

Um grupo de motoboys protestou no Centro de João Pessoa, no fim da tarde desta sexta-feira (18), contra a morte de Thiago Henrique, de 26 anos, que se envolveu em um acidente de trânsito na noite dessa quinta (17). O ato, segundo os manifestantes, foi para pedir justiça pelo colega. Após provocar o acidente, o motorista do carro teria fugido sem prestar socorro.

Cerca de 30 motoboys se reuniram na esquina das Avenidas Tabajaras com a Pedro II para pedir justiça e segurança. "Somos motoboys e saímos todos os dias de casa para alimentar nossos familiares. Ele saiu de casa, deixou uma filha sozinha e o cidadão fez ele morrer nesse acidente. A família está sofrendo muito e por isso estamos protestando, porque o responsável por esse acidente deveria estar preso. Nosso protesto é uma forma de amor, de mostrar ao nosso amigo que ele jamais estará só", disse Thúlio Figueiredo emocionado.

Apesar de ter fugido, o motorista foi localizado pela polícia, através da placa do carro, e levado à delegacia, onde prestou depoimento e foi liberado. Após o acidente, a vítima foi encaminhada para o Hospital de Trauma da Capital, mas não resistiu e faleceu na madrugada desta sexta (18). Em entrevista à TV Correio, a esposa de Thiago também pediu Justiça. "Meu esposo era trabalhador, estava trabalhando e tinha muito cuidado. Ele era meus pés e minhas mãos. Eu quero Justiça porque o homem não prestou socorro, não ligou para o Samu. Talvez ele estivesse vivo se ele tivesse feito algo", lamentou.
video

Carro de PM é baleado durante perseguição na Grande JP

O carro de um policial militar à paisana foi atingido por um tiro, durante uma perseguição na tarde dessa terça-feira (15), em João Pessoa. Assista acima ao vídeo da TV Correio. Segundo a PM, o policial estava monitorando a ação de três suspeitos de assalto no bairro do Valentina, na Zona Sul. Quando os bandidos tentaram fugir, ele deu início à perseguição que terminou na cidade do Conde, na região metropolitana. Os criminosos iniciaram a troca de tiros e um dos disparos atingiu o carro do policial. A PM foi acionada, mas os bandidos fugiram. Ninguém ficou ferido.
video

Reservatórios históricos despertam curiosidade em JP

O formato curioso dos reservatórios elevados de João Pessoa chama a atenção de quem passa pela Avenida Epitácio Pessoa, no Bairro da Torre. Outros dois como esse, que pertencem à Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa), estão presentes nos bairros Cristo e Cruz das Armas e fazem parte da história da Capital. Construídos no início da década de 70, os reservatórios elevados foram criados para abastecer as regiões onde se encontram. O tamanho e a arquitetura despertam a curiosidade dos moradores e visitantes da cidade. Assista acima.
- Advertisement -