|
Quarta-feira, 17 janeiro 2018
- Advertisement -
- Advertisement -
Início Tags Improbidade

Mais artigos sobre

Improbidade

- Advertisement -

Notícias mais lidas

preco-do-quilo-do-pao-frances-em-joao-pessoa-varia-em-1059-veja-pesquisavideo

Empresária é presa por uso de produtos vencidos em padaria

A dona de uma padaria foi presa, nesta terça-feira (16), em João Pessoa, após o local ser interditado por fabricar pães utilizando produtos vencidos. A ação ocorreu durante uma fiscalização do Programa de Proteção e Defesa do Consumidor do Ministério Público da Paraíba (MP-Procon), Polícia Civil, Procon-JP, Vigilância Sanitária e outros órgãos de defesa do consumidor. De acordo com o diretor-geral do MP-Procon, promotor Glauberto Bezerra, a fiscalização, que é uma ação de prevenção a acidentes contra o consumidor, tem como objetivo coibir o uso de produtos ilegais na fabricação dos pães.

Segundo a Vigilância Sanitária, na padaria interditada foram encontrados produtos vencidos e outros sem informações de fabricação e prazo de validade, produtos de origem animal sem registro no órgão competente, além de alimentos acondicionados de forma errada.

O Corpo de Bombeiros verificou que a padaria não possui certificado da corporação, número de extintores insuficiente, sendo vários deles vencidos, fiação exposta colocando em risco trabalhadores e consumidores, ausência de teste de estanquidade (teste que verifica vazamento) da central de gás e falta de guarda-corpo no pavimento superior.

NO estabelecimento, o Fisco Estadual apreendeu três máquinas de cartão de crédito que não estavam interligadas com o sistema da Receita. De acordo com os fiscais, o estabelecimento declarava à Receita um faturamento menor do que o realmente obtido.

Outras quatro padaria também foram autuadas por apresentarem problemas, como produtos fora da validade, extintores em local de difícil acesso e produtos sem precificação. “Nossa preocupação é com relação aos ingredientes usados nos pães, como o uso de produtos não autorizados como o bromato de potássio, que pode causar câncer. Estamos analisando os produtos que compõe a massa do pão. Nós tivemos uma padaria usando produtos vencidos, constatados pela Vigilância, o que resultou na prisão do dono”, disse o promotor. https://www.dailymotion.com/video/x6d7it8
video

Suspeito de matar optometrista é identificado pela Polícia Civil

A Delegacia de Roubos e Furtos de Campina Grande identificou na manhã desta quinta-feira (11) o suspeito de matar o optometrista Moacir Dantas, durante um assalto na última sexta-feira (29), no bairro do Centro, em Campina Grande. De acordo com a Polícia Civil, o suspeito já responde processo por crime patrimonial e cumpria pena em regime semi-aberto. O delegado responsável pelo caso, Cristiano Santana, confirmou que apesar das principais hipóteses sejam de que o suspeito tenha tentado assaltar o consultório da vítima, a suspeita da homicídio não está descartada. "Nenhuma hipótese está descartada. Existe indicativo de crime patrimonial, já que houve anúncio do assalto, mas a hipótese de homicídio não está descartada. Temos até amanhã para concluir o inquérito", disse o delegado. Veja também: Polícia investiga morte por 'encomenda' de optometrista Optometrista reagiu Ainda segundo o delegado Cristiano Santana, as testemunhas que estavam presentes no local do crime afirmaram que Moacir entrou em luta corporal com o assaltante para tentar desarmá-lo. Nesse momento, ele acabou sendo atingido. "Funcionários dizem que ele insistia em dinheiro, que seria o apurado do dia pelas consultas, além disso, ele pedia relógios, e nesse momento, a vítima disse que não havia dinheiro, então entrou em combate corporal tentando desarmar o suspeito, e de repente, ouviu-se um disparo. Logo em seguida viram que ele havia sido atingido", relata. Informações privilegiadas Segundo informações repassadas pelos funcionários do local a Polícia Civil, o consultório é de difícil acesso, por isso, supostamente o suspeito teria informações privilegiadas sobre entradas e saídas. " Pela circunstâncias, há informações que o bandido tinha informações privilegiadas, porque é um local complicado de acesso. O que temos é que ele recebeu alguma informação sobre a rotina do estabelecimento", relatou o delegado Cristiano Santana. A Polícia chegou até o suspeito através de depoimentos das testemunhas do assalto que o identificaram como o autor do disparo que matou Moacir Dantas.
video

Cadastro para ter conversor digital de TV será em fevereiro

João Pessoa e Cabedelo são os primeiros municípios paraibanos a aderir ao Projeto Seja Digital, que vai distribuir conversores digitais de TV, gratuitamente, à população de baixa renda. O desligamento do sinal analógico de TV e consequente conversão para formato digital em todo o país está previsto para ocorrer até 2023. Nas duas cidades, o sinal vai ser desativado em maio. Veja também: Sinal de TV analógica em JP acaba em maio de 2018 O cadastro das famílias a serem beneficiadas com o conversor deve começar em fevereiro. A lista de beneficiários dos kits conversores é fornecida pelo Ministério do Desenvolvimento Social para que a Seja Digital informe ao público por meio de cartas e campanhas de comunicação para que possam entrar em contato e agendar a retirada dos equipamentos. Para saber se seu nome está na lista fornecida pelo Ministério do Desenvolvimento Social ou se o agendamento já está liberado na região, o beneficiário deve acessar o site sejadigital.com.br/kit ou ligar gratuitamente para 147 com o CPF ou NIS (Número de Identificação Social) fornecido pelo Ministério do Desenvolvimento Social em mãos. Na Paraíba, 13 municípios (Cabedelo, João Pessoa, Bayeux, Santa Rita, Alhandra, Conde, Marcação, Riachão do Poço, Cruz do espírito santo, Sobrado, Mari e Sapé) terão o desligamento do sinal analógico a partir de 30 de maio. Nessas localidades, os usuários só poderão acessar o sinal de TV aberta com o conversor digital integrado ou com aparelho de TV que já disponha desse recurso. “Cabe aos municípios devidamente cooperados, através do cadastro do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), em quaisquer dos programas e convênios, como Cras, Bolsa Família, Tarifa Social, Minha Casa Minha Vida, entre outros, operacionalizar o agendamento das famílias a serem contempladas. Este agendamento terá início na primeira semana de fevereiro deste ano, e já no final do mês as remessas dos equipamentos começarão a ser feitas”, explica Estela. Seja Digital O processo de conversão da TV Analógica para Digital vai ser acompanhado pela Associação dos Administradores do Processo de Redistribuição e Digitalização de Canais de TV e RTV (EAD). Um acordo de cooperação que visa sensibilizar os setores para ajudarem as pessoas carentes nesse processo de transição entre os sistemas de transmissão analógico e digital. O kit gratuito com antena e conversor é destinado aos beneficiários de Programas Sociais do governo federal como Bolsa Família, Minha Casa Minha Vida, Tarifa Social de Energia Elétrica e muitos outros. As pessoas interessadas em serem atendidas pelo programa também podem fazer contato gratuitamente pelo número 147, ou através do site www.sejadigital.com.br, onde constam todos os detalhes e informações para agendamento. Entre os muitos benefícios trazidos pela tecnologia digital para TV está liberação de 700 MegaHertz que serão utilizados na ampliação da rede 4G da internet, tornando bem mais rápido o sinal para quem a usa.
video

‘Deus nos livrou’, diz motorista de van atacada por bandidos

“Eles não queriam saber se eram crianças, mulheres ou nada. Eles atiraram aqui para dentro”. Foi dessa forma que uma das passageiras de uma van classificou parte da ação dos bandidos que atiraram no veículo e o pararam, roubando o motorista e passageiros, na madrugada desta sexta-feira (12), em um trecho da rodovia BR-230, em Campina Grande. Veja também: Bandidos atiram em van com crianças em Campina Grande Segundo os passageiros, os bandidos eram extremamente violentos e além de atirarem contra a van agrediram verbalmente e fisicamente todos os ocupantes do carro. “Quando eles conseguiram parar a van, entraram agredindo a gente e pedindo dinheiro. Eles não queriam saber se eram crianças, mulheres ou nada. Eles atiraram aqui para dentro. O todo tempo eles pediam a bagagem, roupa, dinheiro, celular. Diziam que se escondessemos os objetos eles matavam a gente”, relatou uma das passageiras. O motorista do veículo também relatou como os bandidos abordaram o veículo e que os passageiros só não foram feridos pelos disparos porque a van era blindada. “Quando ele me ultrapassou eu tive cuidado e pensei que ele estava bêbado. Ele já se jogou na frente e atirou no meu lado, no pneu. Eu não tive reação e eles já cobriram (a van) com muitos tiros. Eu destravei a porta, entreguei os meus pertences ai ele já entrou revirando tudo. Me deitei no chão e não vi mais nada. Ele me feriu e deu uma coronhada. Só não morremos porque o Pai botou a mão na cabeça da gente e nos livrou da morte”, contou o motorista. Além dos passageiros e do motorista, uma comerciante que passava pelo local e flagrou o crime também foi vítima dos bandidos. “Eu manerei para ver o que estava acontecendo, porque poderia ser um acidente, e eles já chegaram batendo no vidro, armados, mandando sair. Fui passando as coisas que eu estava e entreguei a chave do carro para eles”, disse a comerciante. O Portal Correio tentou contato com o delegado seccional de Campina Grande, Iasley Almeida, para saber como a polícia vai investigar o crime e se os bandidos já haviam sido identificados, mas as ligações não foram atendidas até a publicação desta matéria.
- Advertisement -