Tarifas de ônibus, morte de agente, jogos e chuvas; relembre notícias do fim de semana

13
0
COMPARTILHE

O fim de semana foi marcado por altas nas passagens de ônibus, novos deslizamentos e interdições em áreas próximas à barreira do Cabo Branco, viradas no Campeonato Paraibano e crime de trânsito. O Portal Correio preparou resumo dos principais acontecimentos dos últimos dois dias. Confira mais abaixo.

Leia mais Notícias no Portal Correio

Tarifas de ônibus

No fim de semana as passagens de ônibus ficaram mais caras em João Pessoa e Campina Grande. A tarifa de R$ 3,20 passou a valer na Capital, enquanto a Rainha da Borborema fixou novo valor em R$ 3. Mesmo sem ser sancionada pelo prefeito Romero Rodrigues, o aumento na tarifa de Campina Grande foi aplicado já nesta segunda-feira (23).

Chuvas e deslizamento

O trânsito na ladeira da pracinha de Iemanjá, próximo a Barreira do Cabo Branco, foi interditado após chuvas e novos deslizamentos constatados na região. Em nota, a prefeitura divulgou que a decisão só será revista depois de novas análises da área e avaliação das previsões meteorológicas. Até que isso ocorra, os veículos devem trafegar por vias auxiliares do bairro do Altiplano, na Zona Leste da Capital.

Campeonato Paraibano

O fim de semana foi bem movimentado no Campeonato Paraibano. O Grêmio Serrano chegou a assumir a liderança do torneio, ao vencer o Paraíba por 1 a 0, no sábado. No entanto, o Botafogo-PB recuperou a ponta da tabela ao derrotar o Auto Esporte por 2 a 1, no domingo. Com o resultado, o Serrano caiu para terceira colocação. Atlético e Treze completam o G-4, enquanto Sousa e Auto Esporte ocupam a zona de rebaixamento. Veja tabelas do Paraibano 2017.

Atropelamento de agente

O caso de mais destaque do fim de semana foi o atropelamento e morte do agente de trânsito Diogo Nascimento, de 34 anos. Ele era servidor do Detran-PB e trabalhava em uma blitz da Operação Lei Seca quando foi atingido por um Porsche em alta velocidade, na noite do sábado, no bairro do Bessa, em João Pessoa.

O motorista fugiu sem prestar socorro e chegou a ter prisão temporária decretada pela Justiça, mas um desembargador concedeu habeas corpus antes de ele ser localizado pela polícia. Diogo Nascimento morreu na noite do domingo, no Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena.

Nesta segunda (23), colegas da vítima e servidores de outros órgãos de fiscalização do trânsito protestam contra a liberdade do suspeito. Ao Portal Correio, o procurador José Rosendo Neto contou que pediu que o habeas corpus fosse reconsiderado. O requerimento foi protocolado no fim da tarde do domingo e não há previsão para divulgação da nova decisão. 

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas