TJDF-PB arquiva a??o de Raposa e Galo que pedia puni??o ao Botafogo

14
0
COMPARTILHE

O procurador Marinaldo Roberto de Barros, do Tribunal de Justiça Desportiva de Futebol da Paraíba, não acatou, na tarde desta terça-feira (9), as denúncias de Campinense e Treze contra o Botafogo-PB e arquivou o processo que pedia a perda de pontos do time pessoense.

Leia mais notícias de Esportes no Portal Correio

Marinaldo tomou como base para a negativa o segundo parágrafo do Artigo 74 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

“Caso o procurador designado para avaliar a notícia de infração opine por seu arquivamento, poderá o interessado requerer manifestação do procurador-geral, no prazo de três dias, para reexame da matéria”, diz o código.

Os denunciantes alegam que o técnico do Belo, Roberto Fonseca, teria atuado de forma irregular na partida da última quarta-feira (3), em que os botafoguenses venceram a Raposa por 2 a 1.

Na terceira rodada do quadrangular final do Estadual, em Campina Grande, o treinador havia sido expulso e, pelo que versa o Artigo 52 do Regulamento Geral das Competições da CBF de 2015, membro de comissão técnica passa a ter de cumprir suspensão automática, assim como os jogadores.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas