Tr?colli trabalha por alian?a entre PMDB e PSB; Manoel J?nior recha

13
0
COMPARTILHE

A pré-candidatura a prefeito de João Pessoa do PMDB encabeçada pelo deputado federal Manoel Júnior já foi avalizada pela executiva estadual do partido e pelo Diretório Municipal da Capital, mas há dentro do partido quem questione a decisão das direções, como é o caso do secretário de Articulação Política do Estado, Trócolli Júnior.

Leia mais notícias de Política do Portal Correio

O secretário, que se elegeu deputado estadual mais uma vez nas eleições de 2014, mas deixou a cadeira na Assembleia Legislativa da Paraíba para assumir a Pasta, defende que o PMDB faça aliança com o PSB, que já tem também pré-candidato a prefeito, com o secretário do governo do Estado João Azevdo.

Apesar da pré-candidatura do PMDB já está oficializada, Trócolli prevê mudanças: “Até o dia 30 de junho, e quem conhece política sabe do que estou dizendo, muita coisa vai acontecer e volto a repetir, espero que a aliança seja consolidada com o PSB em todos os recantos do estado”, declarou em entrevista ao programa Correio Debate, da Rede Correio Sat.

Trócolli avisou que caso a postulação do PMDB seja mantida, ele e outros deputados do partido seguirão rachados. “Nós iremos tomar a posição que estamos tomando, que é de seguir o grupo político que hoje eu faço parte, o grupo de Gervásio Maia, de Veneziano Vital do Rêgo, de Nabor Wanderley e do grupo do governador Ricardo Coutinho”, disse.

O pré-candidato Manoel Júnior rechaçou a posição de Trócolli e disse que sua candidatura será para valer, independe do interesse do colega peemedebista e do governador. “Será uma candidatura composta por alianças de forma clara e sem esse tipo de subterfúgios escusos de tentar fazer com que os partidos se inibam de participar do processo eleitoral porque um político paraibano acha que pode fazer da prefeitura um puxadinho do Palácio da Redenção”, criticou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas