TRE-PB mantém candidaturas de prefeito e vice que o PDT não quis em Catolé do Rocha

10
0
COMPARTILHE

Uma decisão inusitada da direção do PDT fez com que o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PB) determinasse a manutenção das candidaturas do partido para prefeito e vice-prefeito na cidade de Catolé do Rocha, a 411 km de João Pessoa. Essas candidaturas foram indeferidas na comarca local, por suposta ilegalidade no Demonstrativo de Regularidade de Atos Partidários (DRAP).

Leia mais notícias de Política no Portal Correio

Foi o próprio PDT que destituiu a comissão provisória e anulou a convenção em Catolé do Rocha, para não permitir candidaturas próprias de prefeito e vice-prefeito.

Antônio Evangelista de Souza Filho e Herlon Bruno Garcia de Araújo foram confirmados como candidatos a prefeito e vice, respectivamente, em convenção municipal do PDT realizada em 5 de agosto último. Eles integram a Comissão Provisória do PDT em Catolé do Rocha. Três dias depois, a direção estadual dissolveu a comissão, com efeitos retroativos ao dia 2 de agosto, o que anularia todos os atos da convenção partidária.

Evangelista e Heron sustentaram que a dissolução foi apenas por “perseguição política”, sem obediência ao estatuto da legenda e sem que tivessem oportunidade de apresentar defesa.

O recurso dos candidatos foi acatado, por unanimidade, no TRE-PB, na segunda-feira (26). O relator do processo, juiz Antônio Carneiro de Paiva, ao sustentar seu voto pelo deferimento do recurso, estranhou que um partido fosse à Justiça para impedir filiados de disputar mandatos eletivos.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas