TRE-PB nega tropas federais mesmo após candidato escapar de atentado

COMPARTILHE

O Tribunal Regional Eleitoral negou, nesta quinta-feira (29), o pedido de presença de tropas federais no município de Mari, na Zona da Mata paraibana, a 60 km de João Pessoa. A negação ocorreu menos de um após após o prefeito local, Marcos Martins (PSB), sofrer um atentado e escapar de ser degolado durante um evento político.


Leia também: Prefeito escapa de ser degolado ao sofrer atentado depois de comício na PB

O pedido de tropas federais havia sido solicitado pela juíza da 4ª Zona Eleitoral na cidade de Sapé.


Leia mais notícias de Política no Portal Correio

Na decisão, a Corte entendeu que a seguranças das eleições em Mari pode ser realizada pelas polícias Militar, Civil e Federal.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

 

 

Em respeito à Legislação Eleitoral, o Portal Correio não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrem.

Notícias mais lidas