Trechos urbanos de rodovias confundem motoristas; veja onde não errar no farol baixo

86
0
COMPARTILHE

Entrou em vigor nessa sexta-feira (8) a lei que obriga os veículos a trafegarem pelas rodovias federais e estaduais com o farol baixo ligado durante o dia. Sendo assim, mesmo que as estradas cortem o perímetro urbano, os motoristas devem acender os faróis, com exceção dos carros com iluminação automática de LED. Na Grande João Pessoa, rodovias federais e estaduais se misturam, em alguns trechos, com locais urbanos. Mesmo assim, o farol baixo deverá ser usado nesses pontos.

Leia também: Conheça a diferença entre farol baixo e lanterna

De acordo com a assessoria de imprensa da Polícia Rodoviária Federal (PRF), na Região Metropolitana de João Pessoa há 30 km de rodovia federal que cortam a área urbana. Mesmo nesse trecho, os motoristas devem ficar alerta para que não recebam multa de R$ 85,13 e tenham adicionados quatro pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

“Do km 0, que começa em Cabedelo, até o 30 km, em Santa Rita, por exemplo, temos esse trecho como perímetro urbano. Mesmo assim, os condutores devem acender o farol baixo. Caso sejam flagrados com os faróis desligados, eles serão multados”, avisou a PRF.

Quanto a BR-101, os motoristas devem ficar atentos ao trecho urbano da rodovia que começa no viaduto do Oitizeiro, corta os bairros Esplanada, Costa e Silva e Distrito Industrial e segue pela saída para Recife-PE.

Rodovias estaduais

Na Grande João Pessoa, vão muitas as rodovias estaduais que cortam as cidades da região metropolitana e uma boa quantidade desses trechos passa por dentro dos municípios. Os motoristas devem ficar atentos para utilizar o farolo baixo em todos esses pontos.

Na Capital, a PB-008 liga a cidade aos municípios do Litoral Sul e ela começa onde termina a Avenida Panorâmica, no Altiplano. A estrada passa por Valentina e Gramame antes de chegar ao Conde

Na região metropolitana, rodovias estaduais como a PB-004, PB-011, PB-018, PB-019, PB-034, PB-025, PB-028 e PB-044 que dão acesso a cidades como Lucena, Santa Rita, Bayeux, Caaporã e Alhandra, com algumas conexões nas BRs, devem ser utilizadas com farol baixo aceso, conforme a nova regra.

LED

A PRF, responsável por patrulhar as BRs, considera que os veículos mais modernos, que já saem de fábrica com uma iluminação automática de LED própria para rodar durante o dia, não precisarão acionar o farol baixo.

Segundo a PRF, a tecnologia DRL (Daytime Running Lamp ou ‘farol de iluminação diurna’) foi criada especificamente com o objetivo de facilitar a visualização de veículos durante o dia. Portanto, a corporação entende que ela supre a necessidade. “Os veículos mais modernos já estão saindo de fábrica com essa opção. Ao acionar a ignição, as luzes são ligadas automaticamente. Quem for flagrado dessa forma não será multado”, afirma a inspetora Nathália Freire, da assessoria da PRF.

Lei

A mudança no Código Brasileiro de Trânsito (CTB) foi publicada no Diário Oficial da União em 24 de maio, após a lei 13.290, que torna obrigatória a circulação nas rodovias de veículos com os faróis ligados, ser sancionada pelo presidente da República em exercício, Michel Temer.

Leia
mais notícias em portalcorreio.com.br,
siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no
Youtube. Você também
pode enviar informações à Redação
do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas