Veja como os senadores da PB votaram na aprovação da PEC do Teto dos Gastos

114
0
COMPARTILHE

Com 53 votos a favor e 16 contra, o Senado aprovou nesta terça-feira (13), em segundo turno, o texto-base da Proposta de Emenda à Constituição do Teto de Gastos (PEC 55/2016). Não houve abstenção. Em seguida, destaques foram votados e a Casa aprovou o texto final sem alterações. Os três senadores paraibanos, Deca (PSDB), José Maranhão (PMDB) e Raimundo Lira (PMDB) votaram pela aprovação da PEC. Veja aqui como cada parlamentar votou.

Leia também:

* Salário mínimo entra na regra da PEC dos Gastos; entenda o que muda com a aprovação

* Temer elogia aprovação da PEC do Teto e minimiza menor número de votos a favor

Encaminhada pelo Executivo ao Congresso Nacional, a proposta limita os gastos públicos pelos próximos 20 anos, a partir de 2017, com possibilidade de revisão a partir do décimo ano de vigência. Pela medida, os gastos públicos totais serão reajustados com base na inflação oficial do ano anterior.

A expectativa é que a PEC seja promulgada na quinta-feira (15). O texto foi aprovado em primeiro turno em 29 de novembro, por 61 votos a 14. Antes de chegar ao Senado, a PEC foi aprovada em dois turnos na Câmara dos Deputados.

Leia mais notícias de Política no Portal Correio

Durante a sessão, a oposição apresentou recursos para evitar que o texto fosse votado nesta terça-feira. Por 46 votos a 13, e com duas abstenções, foram rejeitados os requerimentos de cancelamento, suspensão e transferência da sessão de votação da proposta para limitar os gastos públicos.

Durante a tramitação no Senado a matéria provocou discussões entre a oposição e a base de apoio ao governo. Segundo os apoiadores da medida, o teto de gastos por 20 anos é necessário para o ajuste fiscal e não vai prejudicar os gastos sociais. Para a oposição, a PEC impedirá investimentos públicos, agravará a recessão e prejudicará principalmente os mais pobres, ao reduzir recursos em áreas como educação e saúde.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas
páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no
Youtube. Você também
pode enviar informações à Redação
do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas