Venda do Itambezinho é liberada pela Anvisa após fim da suspeita de contaminação

76
0
COMPARTILHE

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) liberou, nesta segunda-feira (5), a venda de um lote do achocolatado Itambezinho. A comercialização do produto estava suspensa desde 29 de agosto, em todo o Brasil, quando havia suspeita de contaminação após a morte de uma criança que o consumiu.

Leia mais Notícias no Portal Correio

O lote M4, com data de fabricação 25/05/16 (validade 21/11/16), teve que passar por testes e análises depois que uma criança morreu, em Cuiabá, Mato Grosso, após ingerir o achocolatado.

De acordo com investigações da polícia, a bebida foi envenenada por um vizinho da vítima que pretendia matar outra pessoa por vingança. Conforme resolução número 2.402 da Anvisa, a bebida passou por análises e foram encontradas substâncias com espectros de massas compatíveis com o inseticida Carbofurano e seu metabólico Benzofuranol.

Segundo a Anvisa, ficou comprovado que se tratou de um caso específico de adulteração. O suspeito usou uma seringa para injetar o veneno na bebida que foi consumida depois pela criança, o que descartou qualquer problema na fabricação do Itambezinho.

Em nota enviada ao Portal Correio logo após a conclusão das investigações, a Itambé, empresa responsável pela fabricação do produto, disse que o episódio foi esclarecido pela polícia e que ficou descartado qualquer problema de contaminação no Itambezinho.

“A Itambé reforça que desde o dia 25/05, data de fabricação do lote em questão, já foram comercializadas mais de 5 milhões de unidades e não foram registradas reclamações de nenhuma natureza.

A empresa lamenta o ocorrido, se solidariza com a dor da família e reforça seu compromisso com os consumidores brasileiros ao entregar produtos da mais alta qualidade”, disse a nota.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas