Vendedora vai responder por divulgar no Facebook falso sequestro de crianças em JP

8
0
COMPARTILHE

Uma vendedora de 29 anos vai responder pelo artigo de 41 da Lei de Contravenções Penais por conta da divulgação de informações falsas a respeito de sequestro de crianças em João Pessoa. Ela foi ouvida pela Polícia Civil da Paraíba na manhã desta sexta-feira (15), quando foi feito um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO).

Leia mais Notícias no Portal Correio

De acordo com a delegada Emília Ferraz, titular da 1ª Delegacia Seccional, as investigações foram realizadas com o apoio da Delegacia de Crimes contra a Infância e Juventude, apurando que a vendedora utilizou as redes sociais para confirmar a informação sobre o sequestro de uma criança nas dependências do estabelecimento.

Em depoimento, a vendedora confirmou ser a dona do perfil utilizado para a divulgação do suposto sequestro, que quando postou o comentário não tinha certeza do fato e logo depois tomou conhecimento de que um menino havia se perdido da mãe, sendo encontrado no departamento de jogos. Ela também afirmou que no dia seguinte retirou a postagem do ar, a pedido de sua chefe, já que as informações não eram verdadeiras.

A delegada ainda acrescentou que, assim que a Polícia Civil teve conhecimento da possibilidade de sequestros de crianças em João Pessoa, iniciou investigações e averiguou os registros de boletins de ocorrência a esse respeito. “Nenhuma das delegacias distritais ou especializadas da cidade tinha registro acerca disso. Da mesma forma, o Centro Integrado de Operações Policiais (Ciop) fez uma varredura em suas chamadas, não verificando também qualquer registro de uma ocorrência como essa”, explicou.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas