Vereador teria sido sequestrado e disputa em Câmara da PB empata

28
0
COMPARTILHE

Está na esfera judicial a eleição para Mesa da Câmara de Itapororoca, na porção Norte da Zona da Mata da Paraíba, a 69 km de João Pessoa. O vereador Jailson Fernandes (DEM) preside a Casa, mas o vereador Rodrigo de Carvalho (PSDB) tenta anular a eleição. Ele quer ser o presidente. No recesso do Judiciário, Rodrigo recorreu a três comarcas (onde havia plantões) com pedidos de anulação. Não obteve êxito. Perdeu em Mamanguape, Cruz do Espírito Santo e Pedras de Fogo. Não satisfeito, recorreu ao Tribunal de Justiça. O desembargador Saulo Benevides, em decisão monocrática, também rejeitou o pedido.

Leia mais notícias de Política no Portal Correio

Mas qual o motivo da briga do vereador Rodrigo Carvalho, na Justiça, pela presidência da Câmara de Itapororoca? Um empate durante a votação no dia 1º de janeiro. Jailson Fernandes obteve cinco votos para presidente, assim como Rodrigo. Como assim, se a Câmara tem 11 vereadores? Tudo aconteceu porque o vereador Francisco Augusto de Meireles, conhecido como Chico da Saelpa (PP), não compareceu para votar. Ele alegou ter sido sequestrado no dia da eleição. Chegou ao ponto de prestar queixa à polícia denunciando o sequestro.

“O declarante (Chico da Saelpa) afirma que estava em sua residência trocando de roupa para se dirigir à cerimônia de posse na quadra da Escola Estadual Severino Félix de Brito, onde tomaria posse no cargo de vereador”, diz o boletim policial, acrescentando que, naquele momento, além de familiares, estavam na casa dele os vereadores Altamir Meireles (PP), Rizeuda Nunes (PP), Rodrigo Carvalho (PSDB) e seu irmão, Roni Carvalho.

Segundo o boletim, essas pessoas tentavam convencer Chico da Saelpa a não votar na chapa de Jailson para presidente da Câmara Municipal. “Em dado momento, dois homens desconhecidos, em um veículo de placa do Rio Grande do Norte, chegaram e logo adentraram à residência, sem permissão, para intimidá-lo”. Diz ainda o Boletim de Ocorrência que, naquele instante, o vereador Rodrigo pediu para Chico sair de casa com seu irmão Roni, pois se ficasse, “as coisas poderiam piorar”.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas
páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no
Youtube. Você também
pode enviar informações à Redação
do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas