Vereadores já trabalham

8
0
COMPARTILHE

As sessões na Câmara Municipal de João Pessoa terão início na primeira semana de fevereiro, mas os vereadores já estão atuando para mostrar serviço à sociedade. Esta semana, um grupo formado por Eduardo Carneiro (PRTB), Léo Bezerra (PSB), Humberto Pontes (PT do B) e Bruno Farias (PPS) foram à barreira do Cabo Branco ver der perto a destruição que vem sendo provocada pela ação dos ventos, das chuvas e do mar, sem que o Poder Público tome qualquer providência concreta para evitar o desaparecimento da bela paisagem.

O grupo cobrou providências ao prefeito Luciano Cartaxo. “Onde existirem problemas e gargalos, a bancada de oposição estará visitando, procurando solução, porque essa é nossa função. Por isso, fomos à barreira do Cabo Branco e constatamos que os estragos são grandes e que é preciso, com a máxima urgência, uma ação do Poder Público para conter a queda e o desaparecimento da falésia”, disse o vereador Eduardo Carneiro (PRTB).

Léo Bezerra afirmou que a prefeitura tem dinheiro para colocar o projeto em prática. “O deputado federal Wilson Filho (PTB) apresentou uma emenda ao Orçamento Geral da União, no valor de R$ 6,5 milhões, para obras de contenção da barreira. Só que, até hoje, esse projeto não foi mostrado à população”, alegou o vereador. Humberto Pontes (PT do B) garantiu que se não obtiver resposta da atual gestão os vereadores da bancada pretendem acionar o MP.

Falta de capacidade?

O vereador Bruno Farias assim reagiu em relação á falésia: “Não sei se por falta de capacidade técnica, se por falta de competência ou se por falta de vontade política, mas esses três elementos são cruciais para que o prefeito não mova uma única palha em relação à barreira do Cabo Branco”.

Colcha…

O senador José Maranhão parece que resolver soltar o verbo após o ‘álbum’ de fotos distribuído por Raimundo Lira nos últimos dias. E o recado veio curto e grosso: “O que Ricardo Coutinho precisa é cuidar de sua administração”.

… de retalhos

O direcionamento a Ricardo é por conta da proximidade, no estilo ‘melhores amigos’, entre Lira e Ricardo, mostrando a divisão dentro do PMDB.

Inferno astral

O prefeito de Bayeux, Berg Lima, corre o risco de ser gestor de um mandato só. Há quem diga que anda meio perdido. Cuidado para não ficar igual a Reginaldo Pereira, que de tanto falar, mal administrou e se evaporou.

Tem tempo

Presidente da Câmara de Campina Grande, Ivonete Ludgério disse ter 15 dias para recorrer da decisão que suspendeu o reajuste dos vereadores.

Meio Ambiente em Patos

As primeiras ações do prefeito de Patos, Dinaldinho Wanderley (PSDB), têm repercutido positivamente e gerado reações de instituições importantes como a UFCG. A diretora do Centro de Saúde e Tecnologia Rural, Ana Célia Rodrigues, parabenizou o prefeito pelas ações executadas em relação ao meio ambiente.

Habemus líder 1

Até o ‘Habemus Líder’, ainda não foi ecoado entre os integrantes da bancada de oposição ao Governo na ALPB. A função, hoje, é exercida por Renato Gadelha. Mas, nome forte é o que não falta para a função.

Habemus líder 2

A deputada Camila Toscano informou que até o final dessa semana, sairá a fumaça branca. O nome será definido em um encontro.

Habemus líder 3

Sobre esse encontro, a deputada Daniella Ribeiro até brincou que serviria, inclusive, para saber quantos são e quem são os opositores ao Governo de Ricardo Coutinho. Para mim, seria a pauta principal.

Minoria

Além do líder da oposição, devem definir a liderança do bloco da Minoria – sem menosprezar, mas não vejo muito sentindo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas