Vinte apenados teriam cavado buraco e o camuflado com lençóis no Roger, em JP

8
0
COMPARTILHE

Vinte apenados da Penitenciária Flósculo da Nóbrega, o Presídio do Roger, em João Pessoa, foram identificados como os responsáveis pelo buraco achado na unidade prisional nessa terça-feira (27). Eles confessaram a escavação, que tinha mais três metros de profundidade. Veja vídeo abaixo.

Leia mais Notícias do Portal Correio

Ao Portal Correio, o diretor do presídio, Davi Lima, disse que o buraco estava camuflado com sacos feitos com lençóis e coberto por areia. Há duas semanas que o serviço de inteligência tinha recebido a informação de um suposto túnel e investigava o possível plano de fuga.

“A gente estava trabalhando no sentido de identificar o possível túnel. Depois de analisar as imagens de câmeras, desconfiamos de uma tenda feita com lençóis, que é armada nos dias de visitas. Após as visitas, fomos ao local e ao iniciar a escavação encontramos pedaços de panos”, revelou o diretor.

Segundo Davi Lima, à medida que o trabalho foi se intensificando, os agentes penitenciários encontraram mais de 50 sacos de lençóis cheios de areia. “A areia que era retirada do buraco, os presos a colocavam nos sacos. O trabalho era feito das 8h às 15h30, horário que finalizava a visita. Eles cavavam e depois tampavam”, adiantou.

Uma retroescavadeira foi usada para cavar o buraco. Policiais do Choque e Gate foram acionados e fizeram uma varredura dentro do pavilhão 5 do presídio, mas nenhum túnel foi achado. 

Os presos foram levados para o isolamento e estão proibidos de receber visitas durante 30 dias.

Veja reportagem da TV Correio:

 

Leia
mais notícias em portalcorreio.com.br,
siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no
Youtube. Você também
pode enviar informações à Redação
do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.
 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas