Vítimas de assalto em local privado e fechado podem ser ressarcidas, diz Procon-JP

9
0
COMPARTILHE

Crimes em locais privados estão cada vez mais comuns. Clínicas, lojas e outros estabelecimentos que deveriam oferecer segurança privada para proteger os clientes, estão pecando neste caso. O Procon de João Pessoa declarou que é de responsabilidade dos proprietários do local a segurança dos clientes dentro desses ambientes. A Polícia Militar deu algumas dicas do que fazer ao ser vítima de um desses crimes.

Reveja alguns casos recentes de assaltos em locais fechados:

– Dupla invade clínica, rende vigilante e leva arma, colete e celular, no Centro de JP

– Bandido finge ser cliente, faz refém e assalta cerca de 25 pessoas em clínica de JP

– Bandido faz arrastão e ainda rouba câmera de segurança em clínica de João Pessoa

“A segurança faz parte do negócio; a ordem púbica é feita pela segurança publica, é dever do Estado proteger do lado de fora. Os proprietários devem proporcionar a segurança dentro do estabelecimento”, disse o secretário do Procon-JP, Marcos Santos.

Ainda segundo ele, o consumidor que for vítima de um desses crimes em locais privados, deve procurar uma delegacia, fazer um boletim de ocorrência e entrar em contato com os donos do estabelecimento, que devem fazer o ressarcimento. Caso isso não ocorra, a vítima deve entrar em contato com o Procon que deverá tomar as medidas cabíveis.

Ao procurar a delegacia para registrar o B.O. é necessário que haja pelo menos uma testemunha ou imagens que comprovem que o consumidor foi assaltado naquele ambiente.

A Polícia Militar reforçou a informação do Procon-JP de que os estabelecimentos precisam oferecer segurança para os consumidores, já que a polícia trabalha para a segurança da população em ambientes públicos.

Leia
mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas
páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no
Youtube. Você também
pode enviar informações à Redação
do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas