WhatsApp vai deixar de cobrar US$ 1 pela anuidade e quer novas ferramentas

19
COMPARTILHE

O WhatsApp vai deixar de cobrar a anuidade de US$ 1, conforme anunciado pelos criadores do aplicativo nesta segunda-feira (18). O mensageiro será definitivamente gratuito.

Leia mais Notícias no Portal Correio

“Por muitos anos, nós pedimos a algumas pessoas para que paguem uma taxa de utilização do WhatsApp após o primeiro ano. Como nós crescemos, descobrimos que isso não tem funcionado bem. Muitos usuários do WhatsApp não têm um número de cartão de débito ou crédito e eles tinham medo de perder o contato com amigos e familiares após esse primeiro ano. Assim, ao longo das próximas semanas, vamos remover as taxas das diferentes versões do nosso aplicativo e deixaremos de cobrar por nosso serviço”, diz uma parte do texto, em inglês, no blog do WhatsApp.

Para conseguir lucros sem ter quer utilizar anúncios, o WhatsApp planeja fazer parcerias com empresas para disponibilização de ferramentas que possibilitem acesso a serviços.

“A partir deste ano, vamos testar ferramentas que permitem que você use o WhatsApp para se comunicar com empresas e organizações que querem lhe ouvir. Isso significaria se comunicar com seu banco sobre se uma transação recente foi fraudulenta, ou com uma companhia aérea sobre um voo atrasado. Hoje, nós recebemos essas mensagens em outros lugares – por meio de SMS e chamadas telefônicas – por isso queremos testar novas ferramentas para tornar isso mais fácil de ser feito no WhatsApp, enquanto continuamos a dar-lhe uma experiência sem anúncios de terceiros e spams”.

Em respeito à Legislação Eleitoral, o Portal Correio não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrem.

Notícias mais lidas